Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/271158
Type: TESE DIGITAL
Title: Comunicação pública e popularização da ciência : o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e suas unidades de pesquisa
Title Alternative: Public communication and science popularization : the Ministry of Science, Technology and Innovation and its research institutes
Author: Soares Veiga, Ana Paula, 1965-
Advisor: Caldas, Maria das Graças Conde
Abstract: Resumo: Este trabalho tem como foco a Comunicação Pública no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e suas 13 Unidades de Pesquisa (UPs), com ênfase nos respectivos portais institucionais na Internet. A pesquisa é um estudo múltiplo de caso (YIN, 2001), por meio de pesquisa documental e entrevistas semiestruturadas. A análise técnica dos portais está embasada nos parâmetros estipulados por Vilella (2003) e De Falco (2009), adaptados pela pesquisadora. A análise revela a ausência de uma estrutura articulada de comunicação, em prejuízo das próprias instituições e dos diversos públicos de interesse (governo, empresas, imprensa, pesquisadores, educadores, estudantes etc.). Considerando a importância da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) e da Comunicação Pública Digital para a construção da cidadania e para a efetiva inclusão social, um formato sistêmico e integrado de Comunicação Pública de Ciência poderia atuar como promotor e incentivador do desenvolvimento de uma cultura científica no país. A pesquisa aponta ainda para a necessidade de se estabelecer uma política de comunicação e estratégias de utilização dos meios digitais que valorizem e deem visibilidade às UPs não só como gestoras das ações de pesquisa e desenvolvimento do Sistema de CT&I brasileiro, mas, principalmente, enquanto geradoras e difusoras de conhecimento de ponta em benefício da sociedade

Abstract: This work focuses on Public Communication and science popularization actions performed through the web portals of the Ministry of Science, Technology and Innovation (MSTI) and its 13 Research Institutes (RIs). The research is a multiple case study (Yin, 2001), through documentary research and semi-structured interviews. Technical analysis of the portals is grounded in the parameters stipulated by Vilella (2003) and De Falco (2009), adapted by the researcher. The analysis reveals the absence of an articulated structure in this area, to the detriment of the institutions themselves and the various stakeholders (government, business, media, researchers, educators, students, etc.). Considering the importance of Science, Technology and Innovation (STI) and Digital Public Communication for the construction of citizenship and effective social inclusion, a systemic and coordinated Science Communication format might work as a promoter and supporter of science popularization. The study points to the need to establish a communication policy, and use strategies of digital media that value and give visibility to the RIs as members of the Brazilian STI system and leading knowledge generators
Subject: Brasil. Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação
Comunicação na administração publica - Brasil
Divulgação científica
Notícias científicas - Brasil
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
SoaresVeiga_AnaPaula_M.pdf19.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.