Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/271157
Type: TESE
Title: Os locativos na "Peregrinatio Aetheriae"
Author: Martins, Maria Cristina da Silva
Advisor: Ilari, Rodolfo, 1943-
Abstract: Resumo: Esta dissertação tem como objetivo analisar as expressões de lugar encontradas no primeiro livro da Peregrinatio Aetheriae, texto do século IV d.e., que representa uma das principais fontes para o estudo do latim vulgar. Pretende-se verificar se tais expressões de lugar, a maioria construída por sintagmas preposicionais e advérbios, podem ser classificadas, conforme se enquadram num ou noutro caso, como locativos argumentais e não-argumentais, segundo os critérios da teoria temática da gramática gerativa. Verifica-se ainda, nesta pesquisa, que os dados da Peregrinatio quanto ao uso das expressões de lugar que tradicionalmente respondem às perguntas onde - ubi -, de onde - unde -, por onde - qua - e para onde quo, mostram confusão entre os lugares ubi e quo. Sugere-se que essa confusão começa com o emprego dos advérbios, e é agravada pela queda do m final do acusativo, que tornou iguais o acusativo e ablativo. Além disso, a pesquisa com os locativos aponta para outras questões interligadas, características do latim vulgar, como, por exemplo, a perda e confusão no uso dos .casos e das declinações, o aumento significativo no uso de preposições e a tendência de colocação dos constituintes da frase mais próxima das línguas românicas do que do latim clássico

Abstract: This dissertation aims to analyse the locatives, expressed mainly by prepositional phrases and adverbs, which take place in the first book of Peregrinatio Aetheriae. This book was written in the IV century of our age and is one of the most important sources of vulgar latino We intend to verify if these expressions that denote place can be arranged in complements or adjuncts. The analysis, made in the framework of Theta Theory of Generative Grammar, shows that there is a difference between complements and adjuncts in both classical and vulgar latino However, the use of locatives in P.A. shows confusion between the places ubi and quo. vVe suggest that this confusion begins with the adverbs and increases by the lost of final m of accusative. Furthermore, this research points out characteristic problems of vulgar latin: the loss and confusion in the case system, the expansion of prepositions usage and the tendency to appear the sentence elements in an order closer to romance languages than classical latin
Subject: Lingua latina
Gramática gerativa
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1996
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Martins_MariaCristinadaSilva_M.pdf19.33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.