Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/271096
Type: TESE
Title: O corpo capturado : a enlace da linguagem na constituição do corpo pulsional
Title Alternative: The captured body: the enlacement of the language in the constituiton of the pulsional body
Author: Lima, Jarbas Couto e
Advisor: Leite, Nina Virginia de Araújo, 1950-
Abstract: Resumo: Discute-se a passagem realizada por Sigmund Freud da anatomia clássica aos primórdios do pensamento psicanalítico, investigando suas rupturas com a neurologia. Investiga-se também a hipótese de que a explicação neurológica de corpo em representação é uma das pontes para uma explicação que envolve a concepção associativa com a qual Freud inicia essa refutação da neurologia. As marcas mais profundas dessa ruptura, entretanto, são encontradas na influência de Jackson sobre o fundador da psicanálise. Isso se dá, mais precisamente, pela introdução do funcionamento da linguagem como elemento fundamental para o surgimento do conceito de aparelho psíquico, o que envolve uma articulação original, propriamente freudiana, entre corpo e linguagem. A partir de então, se adota como objeto o estudo de Freud sobre as afasias e o malogro do modelo anatômico ante os sintomas do corpo na histeria. Supõe-se aí que Freud concebe pela primeira vez a linguagem, não como função natural, mas como elemento fundante na elucidação do aparelho psíquico e na constituição do corpo pulsional, assim como seus efeitos no corpo histérico. Argumenta-se que a função do imaginário proclamada na teoria lacaniana do estágio do espelho representa um dos pilares teóricos para uma explicação do domínio do corpo pela criança como efeito de linguagem. Ressalta-se a importância das oposições fonológicas no processo de juntura do registro do imaginário com o simbólico, no interior de uma investigação sobre o jogo do Fort/Da. Dessa forma, enfatiza-se o jogo de presença e ausência como a matriz de oposição significante capaz de introduzir o sujeito na linguagem e no domínio do próprio corpo. Considera-se uma aproximação entre Freud e Saussure pela via da constituição da alteridade externa e interna à linguagem. Por último, aponta-se, à guisa de conclusão, algumas conseqüências patológicas da ausência do discurso do Outro primordial na constituição do homem como um ser de linguagem

Abstract: It is dicussed the passage performed by Sigmund Freud of the classical anatomy to the origins of the psychoanalytical thought, investigating their ruptures with the neurology. As well it is investigated the hypothesis that the neurological explanation of body in representation is one of the bridges for an explanation that involves associative conception with which Freud begins this refutation of the neurology. The most profound marks of this rupture, however, are found in Jackson's Influence on the founder of the psychoanalysis. That gives, more precisely, by the introduction of the operation of the language as a fundamental element for the appearance of the concept of psychic aid, which it involves an original articulation, properly by Freud, among body and language. Frau this point on, it is adopted as an object Freud's Study on aphasia and the failure of the anatomical model before the symptoms of the body in the hysteria. It is supposed there that Freud conceives for the first time the language not as a natural function, but as fundamental element in the elucidation of the psychic aid and in the constitution of the body, as well as their effects in the hysterical body. It is argued that the function of the imaginary proclaimed in the Lacan¿s theory of the apprenticeship of the mirror represents one of the theoretical pillars for an explanation of the domain of the body by the child as language effect. It is stressed the importance of the phonological oppositions in the joint process of the registration of the imaginary with the symbolic, in the investigation of Fort/Da's Game.Thus it is emphasised that the game of presence and absence as the matrix of significant opposition which enables the introduction of the subject in the language and in the domain of the body. It is considered an approach between Freud and Saussure through of the constitution of external and internal alterity to the language. Finally, it is concluded that some pathological consequences are related to the absence of the speech from Other primordial in the man's constitution as a being of language
Subject: Freud, Sigmund, 1856-1939
Linguagem
Corpo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lima_JarbasCoutoe_D.pdf341.57 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.