Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/271095
Type: TESE
Title: Lia : do nome ao verbo ou desejo e leitura
Author: Azenha, Conceição Aparecida Costa, 1967-
Advisor: Leite, Nina Virginia de Araújo, 1950-
Abstract: Resumo: A partir de um caso clínico de uma criança que não sabia ler aos oito anos e já na segunda série do Ensino Fundamental e das teorias que permitem uma conexão entre psicanálise, educação e lingüística, o presente trabalho tem por objetivo discutir as questões que envolvem o processo de aprendizagem da leitura com a estruturação subjetiva. Nesse percurso, prioriza-se a função paterna como um operador dessa estruturação para problematizar as possíveis implicações do declínio da imago paterna na conjugação do desejo e da lei por um sujeito e seu o acesso ao campo do simbólico, mais especificamente, à aquisição da escrita. Nesse sentido, busca-se diferenciar a operação lógica da função paterna e do pai como significante e a imago social do pai encarnado. A opção teórica privilegiada exige um afastamento das psicologias evolutivas e/ou do desenvolvimento para entender/explicar as etapas de aquisição da escrita em benefício da concepção historicista de criança e de infância e da ética psicanalítica que permitem re-situar a questão do fracasso escolar

Abstract: From a clinical case of a eight years-old child at the second grade of the elementary school which couldn't read and the theories that allow a connection between psychoanalysis, education and linguistics, the following job's purpose is to discuss questions that involve the reading learning process with subjective structure. It is prioritized the paternal function as an operator of such structure and the possible implications on the decadence of paternal imago on the desired and the law by a subject and its access to symbolic field and the writing. In such case is attempted differentiation between the logical operation of the paternal and the father as significant and social imago incarnated. The privileged theoric option demands the separation from the evolutive psychology and/or from the development to understand/explain the steps of writing acquisition on behalf of the historic conception of the child, its childhood and psychoanalysis ethic that allows re¿situate the scholar failure question
Subject: Leitura
Infância
Figura paterna
Linguística
Psicanálise
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Azenha_ConceicaoAparecidaCosta_M.pdf1.15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.