Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/271053
Type: TESE
Title: Da Marcha das Vadias às vadias da marcha : discursos sobre as mulheres e o espaço
Title Alternative: From Marcha das Vadias to sluts walking : discourses on women and space
Author: Chaves, Tyara Veriato, 1983-
Advisor: Zoppi-Fontana, Mónica, 1961-
Fontana, Monica Graciela Zoppi
Abstract: Resumo: Este trabalho se volta para as disputas de sentido que envolvem a presença das mulheres no espaço público a partir da seguinte pergunta: como os sentidos de `vadia¿ se constituem no movimento Marcha das Vadias? Para tanto, analisamos o funcionamento discursivo dos Coletivos Marcha das Vadias no Facebook, a textualização do político e os deslocamentos que produzem uma ruptura na memória sobre a vadia, tendo como trajeto de pesquisa três eixos: 1. Os modos de subjetivação no discurso através da relação entre língua, sujeito e história; 2. Os processos de constituição, formulação e circulação dos dizeres de um movimento político imbricados ao espaço digital; 3. O funcionamento da memória discursiva nas relações históricas que significam as mulheres no espaço público, bem como o processo de construção e legitimação do sujeito vadia social e politicamente na Marcha. No intuito de percorrer tais trajetos de sentido, situamo-nos no horizonte teórico da Análise do Discurso materialista proposta por Michel Pêcheux, que considera a constituição ideológica dos sentidos instaurando um campo de reflexão que leva em conta as relações entre a realidade histórica, a materialidade da língua e a existência do sujeito. Ao mesmo tempo, promovemos diálogos com campos do saber que giram em torno da incorporação da categoria gênero, problematizando a sexualização da experiência humana no discurso, a exemplo da História das Mulheres e dos Estudos de Gênero

Abstract: This work analyses the dispute of meanings involving the presence of women in public space from the following question: how the meanings of 'vadia' are constituted in the movement "Marcha das vadias"? In order to do so, we have analyzed the discursive functioning of the collective "Marcha das Vadias" on Facebook, the textualization of the political and the displacements that produce a rupture in the memory about the "vadia". Our research focused on three main questions: 1. The modes of subjectivation in discourse through the relationship between language, subject and history; 2. The processes of constitution, formulation and circulation of discourses of a political movement in the digital space; 3. The operation of discursive memory in historical relations that produces meanings for women in the public space, as well as the process of construction and legitimation of the social subject "vadia" in the "Marcha das vadias", socially and politically. In order to go through such paths of meaning, this work is situated in the theoretical horizon of the materialist discourse analysis proposed by Michel Pêcheux, which considers the ideological constitution of the meanings, setting up a field of reflection that takes into account the relationship between historical reality, materiality of the language and the existence of the subject. At the same time, we promote the dialogue with fields of knowledge that revolve around the incorporation of gender, questioning the sexualization of human experience in discourse, such as the History of Women and Gender Studies
Subject: Análise do discurso
Mulheres
Espaços públicos
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Chaves_TyaraVeriato_M.pdf3.97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.