Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/271040
Type: TESE
Title: Uma proposta minimalista para o processo de aquisição da linguagem : relações locais
Author: Lopes, Ruth Elisabeth Vasconcellos, 1960-
Advisor: Kato, Mary Aizawa, 1934-
Kato, Orientador: Mary A.
Abstract: Resumo: Esta tese circunscreve-se ao quadro da Teoria Gerativa, mais especificamente aos modelos de Princípios e Parâmetros (Chomsky, 1981 e obras posteriores). Nosso objetivo central é verificar se há na Faculdade da Linguagem alguma propriedade essencial para o processo de aquisição da linguagem, para além da marcação paramétrica prevista na Gramática Universal. Para tanto, realizamos um percurso que sai do modelo de Regência e Ligação e chega ao Programa Minimalista. Nosso interesse ao discutir o modelo de Regência e Ligação está nas diferentes concepções de "parâmetro", bem como em verificar a concepção que o Programa Minimalista herda de seu antecessor. Discutimos, ainda, as principais hipóteses de aprendizagem propostas no âmbito da área de aquisição da linguagem, assumindo finalmente a hipótese continuísta. A partir de uma breve incursão ao funcionamento do Programa Minimalista, podemos verificar como um quadro ontológica e metodologicamente minimalista permite pensar a aquisição da linguagem de uma forma inusitada, especificando um lugar mais claro para a sintaxe e para a sua relação com os componentes de performance, a partir de fenômenos muito locais que são, em última instância, codificados como princípios da Faculdade da Linguagem. Nesse espírito, levantamos a hipótese de que a relação básica pela qual a criança se guia em seu processo de aquisição é a relação de c-comando. A visão que sustenta conceitualmente esta hipótese é a de que o que quer que ocorra no processo de aquisição, só deve contar com propriedades intrínsecas à Faculdade da Linguagem. Para verificar a plausibilidade empírica de nossa proposta, examinamos alguns fenômenos do Português do Brasil, bem como um fenômeno translingüístico observado na produção inicial de crianças: a assimetria sujeito / objeto. Isso nos permitiu motivar conceitual, teórica e empiricamente nossa proposta

Abstract: This work focuses on whether or not there is a specific property of the Language Faculty which could be essential for the language acquisition process, beyond the parametric variation in Universal Grammar. Our theoretical framework is the Principies & Parameters model, in its Government & Binding version, as well as in the Minimalist Program one. Our starting point is how parameters were conceived, as well as which notion of parameter the Minimalist Program has assumed. We also discuss the learnability hypotheses usually associated with the Generative framework, assuming the continuist one. After briefly discussing the inner workings of the Minimalist Program, we show how a minimalist framework can offer the language acquisition area a fresh point of view by specifying a clearer place for syntax and for its relationship with the performance components. Having this picture in mind, we propose that the basic syntactic relation that is privileged by the child acquiring his / her language is ccommand. Our hypothesis is conceptually motivated since this type of relation is already present in the Language Faculty. In order to empirically sustain our hypothesis we examine some phenomena in Brazilian Portuguese, as well as a cross-linguistic phenomenon observed in the production of small children: the asymmetry between subject and object
Subject: Minimalismo
Gramática gerativa
Aquisição de linguagem
Psicolinguistica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lopes_RuthElisabethVasconcellos_D.pdf27.15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.