Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/271034
Type: TESE
Title: Reduzidas gerundivas : teoria do caso e inversão verbo-sujeito
Author: Britto, Helena de Souza
Advisor: Kato, Mary Aizawa, 1934-
Abstract: Resumo: As gerundivas adverbiais do Português do Brasil (PB), como (1) apresentam dois problemas básicos para a teoria gramatical chomskyana: (1)a. O Pedro saindo, nós terminamos a reunião; b. Saindo o Pedro, nós terminamos a reunião. O primeiro deles diz respeito ao Caso do NP sujeito lexicalizado nessas estruturas - quer na ordem SV (1a), quer na ordem VS (1b). A finalidade, assume-se que o NPsic de gerundivas consiste na categoria vazia PRO. Segundo Chomsky e Sasuik 1991 e Chomsky 1992, PRO deve ter um Caso mínimo - denominado nulo - verificado em [Spec, AgrSP]. Os autores sustentam também que este Caso mínimo aplicado apenas a PRO - interpretado como um NP mínimo. A questão é que, se NP lexical PRO ocupa a mesma posição sintática, problemas quanto ao Caso de ambos surgirão. O segundo problema refere-se à ordem VS - que, segundo a teoria gerativa, está relacionada a AGR "rica"- em gerúndio que não têm este traço. Com os objetivos de estabelecer a projeção máxima referente a estas sentenças, formular uma solução que possibilite a verificação de Caso a NPsuj. lexical nessas construções e explicar o porquê de as gerundivas apresentarem a ordem VS, veiculando o fenômeno de inversão a questão não-mórficas, desenvolveu-se o trabalho. No primeiro capítulo exponho os dados relativos às gerundivas obtidos nas gramáticas normativas e em registros magnetofônicos de fala espontânea do PB. No segundo capítulo apresento um breve histórico da Teoria do Caso, desde Chomsky 1981 a Chomsky 1992. Os problemas para atribuição de Caso em gerundivas com ordem SV ou VS, assim como as diferentes propostas existentes na literatura para se determinar a projeção máxima correspondente a gerundivas são o tema do terceiro capítulo. Finalmente, no quarto capítulo apresento, com base no Irlandês e no Latim, argumentos empíricos a partir dos quais se faz possível estender a Teoria do Caso Nulo, atribuído a PRO, a NPs lexicalizados.

Abstract: Not informed.
Subject: Lingua portuguesa - Gerundio
Língua portuguesa - Sintaxe
Gramática gerativa
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1994
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Britto_HelenadeSouza_M.pdf1.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.