Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/271006
Type: TESE
Title: Sujeito, linguagem e escrita : um estudo neurolinguistico
Title Alternative: Individual, Language and writing : a neurolinguistics study
Author: Navarro, Paloma Rocha, 1982-
Advisor: Coudry, Maria Irma Hadler, 1949-
Coundry, Maria Irma Hadler
Abstract: Resumo: A pesquisa "Sujeito, linguagem e escrito: um estudo Neurolinguístico" trata sobre o acompanhamento longitudinal de dois garotos, MO e DC de 17 e 16 anos, respectivamente, encaminhados pela escola para o Laboratório de Neurolinguística (LABONE/IEL/UNICAMP) com a queixa de dificuldades de aprendizagem. Para tanto, tivemos como objetivos: (i) o estudo de questões que envolvem o processo de aquisição e uso da leitura/escrita junto aos sujeitos; (ii) compreender a relação de MO e DC com a fala, com o exercício da linguagem e com o escrito/lido baseando-se nas suas histórias de vida, e escolar, para conduzir o acompanhamento longitudinal fonoaudiológico - material de análise desta pesquisa. Para tal, foram realizadas comparações entre seus escritos na escola (material escaneado de cadernos escolares) e seus escritos em sessões fonoaudiológicas individuais (material transcrito e escaneado) com a finalidade de mostrar o estado e o andamento do processo de aquisição e uso da leitura/escrita, com suas especificidades e com a que pode vir a (re)estabelecer, dado o cuidado terapêutico a eles dedicado. Este trabalho baseia-se em pressupostos teórico-metodológicos de uma neurolinguística discursiva (COUDRY, 1986/1988), fundamentada em uma concepção histórica de linguagem (FRANCHI, 1977), em que esta se apresenta como lugar da interação humana e de interlocução, como trabalho e atividade constitutiva da subjetividade, da alteridade e de si própria como objeto de reflexão. Diferentemente do que acontece na escola e na área da saúde, em que se ignoram aspectos fundamentais, sobretudo no início do processo como a variedade de fala na qual a criança adquiriu a linguagem oral e o trânsito (normal) do oral para o escrito e marcas do letramento construídas na vida em sociedade, essa pesquisa analisa e considera o processo de aquisição e usos sociais da escrita, em sua dinâmica própria de funcionamento. No percurso contrário ao do discurso homogêneo e patologizante presente na área da Fonoaudiologia, este trabalho pretende mostrar que quando olhamos para os sujeitos de maneira singular, com histórias de vidas singulares, é possível traçar uma nova história para eles através da escrita, pois é através da linguagem que o sujeito se constitui e elabora sua relação com o grupo (ORLANDI, 2006) Os dados presentes na pesquisa revelam tais processos e ainda denunciam o lugar de marginalidade que jovens como MO e DC ficaram ao longo dos anos que passaram no banco da escola. À margem do sistema escolar, de crianças com dificuldades na leitura e na escrita, MO e DC, hoje, praticamente adultos, assumiram (tanto eles quanto suas famílias) uma posição de fracasso e desânimo diante da vida, pois a marca de não saber ler e escrever é tão forte que acabam correspondendo a ela, acreditando nisso.

Abstract:The research "Individual, Language and writing: a neurolinguistics study" deals with the accompaniment of two boys, MO and DC 17 and 16 years respectively, the school sent to the Laboratory of Neurolinguistics (LABONE / IEL /UNICAMP) with complaints of learning difficulties. To this end, we had the following objectives: (i) the study of issues surrounding the acquisition and use of read / write with the individuals, (ii) understand the relationship between MO and DC with speech, with the exercise of language and with the writing / reading based on their life stories, and school, to drive the longitudinal speech - for analysis of this research. To this end, comparisons were made between his writing at school (used books scanned from school) and his writings on individual speech therapy sessions (the transcribed and scanned) in order to show the status and progress of the acquisition and use of reading / writing with their specific and that can come to (re) establish, given the therapeutic care devoted to them. This work is based on theoretical and methodological assumptions of a discursive neurolinguistics (COUDRY, 1986/1988), based on a historical conception of language (FRANCHI, 1977), as it presents itself as a place of human interaction and dialogue, as work activity and constitutive of subjectivity, of otherness and of itself as object of reflection. Unlike what happens in school and in health, which ignore key issues, especially at the beginning of the process as a variety of speech in which the child has acquired language and oral transit (normal) of the oral and the written marks constructed literacy in society, this research analyzes and considers the process of acquisition and social uses of writing in their own dynamic operation. On the way contrary to the speech pathologic homogeneous and present in the area of speech therapy, this study aims to show that when we look at the subject in a unique way, with stories of individual lives, it is possible to draw a new story for them through writing, because it is through the language that the subject is constituted and develops its relationship with the group (ORLANDI, 2006) The data in the study reveal such procedures, and also complain about the place of marginalized young people like MO and DC were over the years they spent in the school. Outside the school system, children with difficulties in reading and writing, MO and DC, today, almost adults, taken (both they and their families) a position of failure and discouragement about life, because the mark of not read and writing is so strong that end corresponding to it, believing it.
Subject: Escrita
Patologização da educação
Leitura
Escolas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Navarro_PalomaRocha_M.pdf3.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.