Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270994
Type: TESE
Title: Estudo da atribuição de sentido a processos de significação verbais e não verbais de sujeitos afasicos
Author: Scisci, Lucia Ap. de Campos
Advisor: Coudry, Maria Irma Hadler, 1949-
Abstract: Resumo: Esta Dissertação de Mestrado trata do estudo da atribuição de sentido, em situações discursivas vivenciadas no Centro de Convivência de Afásicos (CCA/IEL/FCM-UNICAMP), a processos1 de significação verbais e não verbais dos sujeitos afásicos envolvidos em episódios interativos, de que participam afásicos e não afásicos. Trata-se de um estudo que toma o sujeito afásico como um sujeito pragmático, ou seja, falante de uma língua natural que partilha uma série de pressupostos com os demais sujeitos que compõem uma comunidade lingüística/discursiva (Maingueneau, 1989), a despeito do fato de ter, abruptamente, a linguagem afetada pela afasia. Esta pesquisa analisa o trabalho lingüístico-cognitivo produzido/interpretado pelos sujeitos participantes desse grupo. Tem-se como hipótese que afásicos e não afásicos - que convivem sistematicamente - partilham de conhecimentos mútuos (verbais e não verbais), dos quais lançam mão para a determinação do intuito discursivo2, em situações interativas, o que abre ao sujeito afásico a possibilidade de compreender e se fazer compreender, condição para se manter como sujeito da e na linguagem. 1 A formulação processos de significação (Coudry & Possenti, 1983; Coudry, 1986/86) vem sendo estudada pela abordagem discursiva de Neurolingüística desde os primeiros trabalhos sobre afasia e tem como motivação teórico-clínica o fato de a afasia envolver em sua manifestação tanto processos verbais quanto não verbais. Em outras plavras, a afasia afeta a linguagem, a práxis e a relação com o corpo e a percepção. O sujeito afásico pode, às vezes, não conseguir manifestar-se verbalmente, mas pode conseguir fazê-lo por meio de gestos, desenhos, objetos, enfim, de recursos não verbais, na tentativa de interagir, de comunicar-se, de entender o que o outro diz/faz/pede/sugere, etc. Outros sujeitos afásicos precisam falar em voz alta enquanto realizam ações que envolvem objetos, tendo a linguagem nesse contexto, como já apontou Vygotsky (1984) para o desenvolvimento da linguagem, um efeito na organização das ações. 2 Segundo MIKHAIL BAKHTIN (1992), o intuito discursivo ou o querer-dizer do falante, que determina o todo e a amplitude do enunciado, é captado, sentido, compreendido pelo ouvinte em qualquer enunciado, vinculando-se à situação única da comunicação verbal, marcada por parceiros individuais, circunstâncias individuais e enunciados anteriores

Abstract: This Master¿s Dissertation deals with the study of sense attribution, in discursive situations lived deeply in the Aphasic Center of Acquaintanceship of (CCA/IEL/FCM ¿ UNICAMP), to verbal and non verbal meaning processes of involved aphasics subjects in interactive episodes, which aphasic and non aphasic subjects participate in. It has to do with a study takes aphasic subject as a pragmatic subject, thus, natural speaker of one language that share a series of presupposed with the others subjects that compose a linguistic/discursive community (Maingueneau, 1989), in spite of having, abruptly, the language affected by aphasia. This research analyses the linguistic work produced/interpreted by the participant subjects of this group. It has as hypothesis that aphasics and non-aphasics subjects ¿ that coexist systematically ¿ share mutual knowledge (verbal and non verbal), of which they forgo for the determination of discursive intention (according to Mikhail Bakthin (1992), the discursive intention or the meaning of the speaker, determines the whole and the amplitude of the statement, it is caught, sensed, understood by the listener in any statement, linking itself to the unique situation of verbal communication, marked by individual partners, individual circumstances and previous statements), in interactive situations, which shows the aphasic subject the possibility of comprehending and making itself comprehended, condition to keep itsel as subject of and in the language
Subject: Afasia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Scisci_LuciaAp.deCampos_M.pdf1.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.