Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270953
Type: TESE
Title: Lalangue, erro e lapso : o falante entre a língua materna e as línguas outras
Title Alternative: Lalangue, error and slip : the speaker between the mother tongue and other languages
Author: Vivacqua, Maria Victoria Guinle, 1967-
Advisor: Castro, Maria Fausta Pereira de, 1944-
Castro, Maria Fausta Cajahyba Pereira de, 1944-
Abstract: Resumo: O objetivo deste trabalho é discutir as concepções de erro e de lapso de língua, uma vez que a oscilação entre os termos é responsável por dificuldades na distinção entre os fenômenos. Nosso trabalho parte da noção de erro, no século XIX, associada no debate lingüístico às questões de mudança e de variação lingüística para entender de que modo as leis fonéticas e a analogia podem operar como fator de mudança. Meringer (1895) foi o primeiro autor a se tornar referência ao apresentar e classificar um corpus com mais de 8.000 lapsos ou erros de fala, de escrita e de leitura, cuja categorização permanece atual na área de Psicolinguística. O interesse do filólogo era compreender as regras que regem erros e lapsos e verificar a existência de um mecanismo mental que explicaria de que maneira os sons de uma palavra, de uma frase e também das palavras inteiras entre si acham-se ligados e entrelaçados em tais fenômenos. Freud toma o corpus de Meringer para empreender seu estudo sobre os lapsos, tratados como manifestações do inconsciente que se mostram por meio de substituições e contaminações do material lingüístico, e a noção de inconsciente emerge como aquilo que definitivamente rompe a relação entre o trabalho de Freud e Meringer. Nosso objetivo consiste em verificar o estatuto dessas concepções e seus limites, em suas diversas manifestações, tanto na língua materna como em uma língua outra. Abordamos os problemas teóricos da área de aquisição de linguagem, a começar pela desnaturalização da definição de língua materna para discutirmos a questão do erro na fala da criança. Com Pereira de Castro (2006) e Milner ([1978] 1987) discutimos o estatuto singular dessa língua para compreender o modo como a língua materna, que constitui um falante, permite o movimento do falante entre as outras línguas, uma vez que a plasticidade do material linguístico tanto o remete à sua língua quanto a um funcionamento psíquico que o guia na enunciação da língua estrangeira. Apresentamos e discutimos textos da obra freudiana para entender a construção da noção de inconsciente que sustenta a noção de lapso de língua. Encaminhamos nossa discussão através da análise de episódios em que o falante se encontra entre línguas. Concluímos que o conceito de lalangue une os fenômenos de erro e lapso. Partimos desse conceito, que está presente na Linguística (MILNER [1978] 1987), assim como na Psicanálise, para discutir como a noção de inconsciente se vale da complacência que o material linguístico oferece. Os erros da fala infantil e os erros e lapsos do falante entre línguas, revelam as zonas de equívoco da língua, que desempenham um importante papel na trajetória da criança na sua língua materna e na relação do falante com as línguas outras

Abstract: The aim of this paper is to discuss the concepts of error and slips of the tongue, as oscillation in the use of these terms makes it difficult to distinguish between the phenomena they describe. We begin in the 19th century with the notion of error, which was associated with studies of linguistic variation and change that attempted to understand how phonetic laws and the analogy could operate as a factor of change. Meringer (1895), the first author to become an important reference in the area, developed a corpus with more than 8,000 slips of the tongue and errors of speech, reading, and writing, and his categorization remains current in the area of psycholinguistics. His interest was to understand the rules governing errors and slips of the tongue, and to verify the existence of a mental mechanism that would explain how the sounds of a word, a phrase, and whole words, are connected and intertwined in such phenomena. Freud used Meringer's corpus in his study on slips of the tongue, treating them as a manifestation of the unconscious material that appears through substitution and contamination of linguistic material. The notion of the unconscious, however, emerges as a definite break between the work of Freud and Meringer. Our goal is to verify the status of the conceptions of error and slips of the tongue, as well as their limits, in their various manifestations both in the mother tongue and in other languages. In order to examine the issue of error in the speech of the child, we discuss theoretical problems in the area of language acquisition, starting with the denaturalization of the definition of mother tongue. Making reference to Pereira de Castro (2006) and Milner ([1978] 1987), we discuss the singular status of the mother tongue in order to understand the way that this language, which constitutes the speaker, permits him or her to move between languages, given that the plasticity of linguistic material refers both to the language itself as well as to a psychic functioning that guides the speaker in the utterance of a foreign language. We present and discuss certain Freudian texts in order to understand the construction of the concept of the unconscious that sustains the notion of slip of the tongue. We develop our discussion through analysis of episodes in which the speaker finds him or herself between languages, and conclude that the concept of lalangue unites the phenomena of error and slip of the tongue. Starting from this concept, present in linguistics (MILNER [1978] 1987) as well as in psychoanalysis, we discuss how the notion of the unconscious is based on the complacency that the linguistic material offers. Children's speech errors and speakers' errors and slips of the tongue between languages, reveal areas of equivocity in language which play an important role in the development of children in their mother tongue and in a speaker's relationship with other languages
Subject: Erro
Língua estrangeira
Língua materna
Lalíngua
Lapso de língua
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vivacqua_MariaVictoriaGuinle_D.pdf1.3 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.