Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270919
Type: TESE
Title: O modo heterogenio de constituição da escrita
Author: Correa, Manoel Luiz G. (Manoel Luiz Gonçalves)
Advisor: Abaurre, Maria Bernadete Marques, 1946-
Abstract: Resumo: Este trabalho tem como proposta a caracterização de um modo heterogêneo de constituição da escrita. Considerado o imaginário sobre a escrita que circula pela sociedade, a questão central abordada é a da atuação da Imagem que o escrevente faz da escrita na construção do texto. A caracterização desse modo heterogêneo de constituição da escrita está baseada, por um lado, na percepção de vários autores de que há textos produzidos em pontos intermediários entre os pólos considerados típicos do falado e do escrito; e, por outro, na atuação do princípio dia lógico da linguagem como condição de articulação de sua heterogeneidade. Primeiramente, essa caracterização é feita pelo estabelecimento de uma conceituação do modo heterogêneo de constituição de escrita a partir da discussão de dois pontos de vista básicos sobre a escrita: o da visão autonomista, que trabalha com a dicotomia radical entre o falado e o escrito, e o da visão que relativiza essa autonomia propondo um contínuo entre esses pólos. O segundo passo dessa caracterização consta da fixação de uma metodologia de trabalho a partir da criação de um espaço de observação que postula a circulação dia lógica do escrevente por três eixos de representação da escrita: o da imagem que o escrevente faz da gênese da (sua) escrita, o da imagem que o escrevente faz do código escrito institucionalizado e o da representação que o escrevente faz da escrita em sua dialogia com o já falado/escrito. Ainda nesse momento de fixação de uma metodologia, é adotado um modo particular de olhar para os textos, a saber, o do paradigma indiciário, tomado como base para investigação de pistas, regularidades e propriedades lingüísticas dos textos analisados. Abordando separadamente cada um dos três eixos propostos para observação, procede-se, num terceiro passo, à análise de um conjunto de oitenta e três dissertações do vestibular/1992. O funcionamento desse modo heterogêneo de constituição da escrita evidencia o caráter especifico (ao mesmo tempo, geral e particular) da relação escrevente/linguagem, permitindo problematizar tanto a visão que considera esse modo heterogêneo como interferência do oral no escrito, como a visão que o considera apenas como produto da retomada de modelos de escrita institucionalizados

Abstract: The proposal of this study is to point out the features of a heterogeneous way of writing organization. Taken the imaginary about .xv.riting Which circulates among society into account, the question approached is the one which concerns the image performance which the "writer" makes of the writing in the text construction. The characterization of these features is based, on one hand, in the perception of severa I authors that there are texts produced in the mean points between the typically considered poles of spoken and written languages and, on the other, in the performance of the dialogistic principie of the language as condition of its heterogeneity combination. At first, this characterization is made by establishing of a concept of the heterogeneous way of the writing organization from two basic point of view discussion about writing: the autonomist view which deals with the radical dichotomy between spoken and written language and the view that makes this autonomy relative by proposing a continuUm between these poles. The second step of it is the establishment of a work methodology from the creation of an observation space that postulates the dialogistic circulation of the "writer" through three axis of writing representation: the one of the image which the "writer" makes of the genesis of his writing, the one that the "writer" makes of instituted written code and the one of the representation which the "writer" makes of the writing in its (and in his) dialogy with what has been already spoken/written. Yet, at this establishing methodology moment, it is adopted a particular way of analyzing the texts; namely the clue paradigm, taken as basis for investigations of linguistic cues, regularities and properties of the analyzed texts. Approaching separately each of the three axis for observation, in a third step, the analysis of a set of eighty-three dissertations of an admission exam for college of 1992 is made. How this heterogeneous way of writing organization works shows the spedfic feature (at the same time, general and particular) of the relation "writer" /Ianguage, allowing the questioning of either the view which considers this heterogeneous way as an interference of the oral into the written language or the one which considers only the produd of the reprodudion of the instituted writing models
Subject: Escrita
Imaginário
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1997
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Correa_ManoelLuizG.(ManoelLuizGoncalves)_D.pdf11.01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.