Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270916
Type: TESE
Title: A visão de ciência propagada por Carl Sagan
Title Alternative: The conception of science propagated by Carl Sagan
Author: Albergaria, Danilo, 1980-
Advisor: Chibeni, Silvio Seno, 1958-
Abstract: Resumo: Esta dissertação de mestrado propõe uma análise crítica da obra de divulgação científica do astrônomo estadunidense Carl Sagan (1934-1996). Cientista e autor multifacetado, largamente conhecido como um dos maiores divulgadores da ciência do século XX, Sagan utilizou os meios de comunicação mais poderosos de seu tempo para divulgar e advogar sua visão pessoal da ciência. Ao mesmo tempo em que buscou tornar o conhecimento científico compreensível e atraente para um vasto público não especializado, Sagan também procurou fazer uma defesa apaixonada da ciência, de seus métodos e de sua visão de mundo. A dissertação procura interrogar a obra de divulgação de Sagan do ponto de vista da epistemologia, filosofia e história da ciência: que visão de ciência foi propagada por Sagan? Que posicionamento epistemológico embasou sua defesa da ciência como forma privilegiada de conhecimento em meio a outros discursos possíveis sobre a realidade? Qual era exatamente a sua visão sobre o progresso da ciência? Como se comparam as ideias de Sagan frente às questões da filosofia da ciência contemporânea em torno do chamado realismo científico? Espera-se que o trabalho abra uma trilha para divulgadores e educadores questionarem uma obra de excelente capacidade didática para a formação do pensamento crítico de jovens e adolescentes e que as respostas aqui esboçadas possam servir de ponto de partida para futuras investigações no campo da filosofia da ciência e áreas correlatas

Abstract: The American astronomer Carl Sagan (1934-1996) is widely known as one of the most influential and successful popularizers of science of all times, managing skillfully the printed and electronic media to make scientific knowledge understandable to a vast audience in a simple and attractive way, while passionately advocating scientific method and worldview. This dissertation examines Sagan's popularization works from the point of view of epistemology, philosophy and the history of science, in the search for answers to a set of questions of interest to all these areas, and also to science writing, such as: What was, both in broad outline and in certain specific details, the conception of science advocated by Sagan? What were his epistemological arguments for defending science as a privileged form of knowledge? Was he aware of the issue - much-debated among contemporary philosophers of science - of the so-called scientific realism? What exactly was his view on the progress of science? It is hoped that the tentative answers here offered may not only provide a useful material for science popularizers and educators, but also serve as starting points for further research in philosophy of science and related academic areas
Subject: Sagan, Carl, 1934-1996. Cosmos - Crítica e interpretação
Ciência
Divulgação científica
Ciência - Filosofia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Albergaria_Danilo_M.pdf937.8 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.