Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270911
Type: TESE
Title: A escrita das paginas eletronicas pessoais da internet : a relação autor-heroi/leitor
Author: Komesu, Fabiana Cristina
Advisor: Abaurre, Maria Bernadete Marques, 1946-
Abstract: Resumo: O propósito deste trabalho é discutir a escrita que se propõe como conversação nas páginas eletrônicas pessoais, as chamadas home pages*, da internet. Mais especificamente,analisamos de que maneira o autor de uma home page constrói uma projeção de si, valendo-se, por exemplo, de certas marcas de enunciação e de certos sinais gráficos para o estabelecimento da relação dessa imagem com o leitor. O material da pesquisa é composto por 50 (cinqüenta) páginas eletrônicas pessoais, coletadas de maneira aleatória, entre as disponíveis na internet. O modo de abordagem de nosso objeto de estudo é orientado por um enfoque teórico ligado às teorias da enunciação e da escrita,em especial aos estudos que priorizam a questão dialógica da linguagem e aos estudos que se ocupam das relações entre a modalidade escrita e a modalidade oral. Dois aspectos são privilegiados no desenvolvimento deste trabalho. O primeiro deles investiga a hipótese de surgimento de um novo gênero discursivo, constituído a partir da atividade de escrita das páginas eletrônicas pessoais. Para a investigação do que acreditamos ser um novo gênero, realizamos um estudo comparativo entre a escrita das home pages e a de outros tipos de escrita, como as apresentações pessoais em orelhas de livros impressos, as (auto)biografias,as cartasmanuscritas e os e-mails ,procurando identificar o que pode ser tomado como característico dessa escrita digital, no âmbito de convivência com outras práticas de escrita. De nosso ponto de vista, trata-se de um gênero de escrita caracterizado pela função fática da linguagem, isto é, por uma atividade marcada por fórmulas de comunicação mais rituais que informativas. Visando ao estabelecimento de um contato com o leitor (característico da função fática), o escrevente projeta uma imagem pessoal (uma personagem) que pareça simpática e, desse modo, estabelece, também, a simulação de uma intimidade para alcançar esse objetivo. O exercício da função fática, no entanto, mascara a confiscação da palavra nesse gênero de escrita: o escrevente tem o direito de se expressar, desde que seja de um determinado modo, e de nenhum outro. No trabalho de construção textual de uma imagem pessoal, o autor utiliza-se de determinados recursos da modalidade escrita, como certas marcas de enunciação e certos sinais gráficos. O segundo aspecto que privilegiamos diz respeito, portanto, ao modo de enunciação que caracteriza o gênero de escrita das home pages. Procuramos investigar o trabalho de divisão enunciativa entre o autor, o "herói" (a personagem construída) e o leitor das páginas pessoais no estudode sua materialidade lingüística.Para o cumprimento dessa tarefa, consideramos alguns aspectos da modalidade escrita das homepages, a exemplo dos emoticons e das "risadinhas",comumente empregadosna escrita digital;da questão da pontuação (e sua relação com a prosódia) nos textos digitais, e de uma investigação lexical dos textos das homepages, dada a utilização freqüente de termos da área de informática, principalmente, aqueles que são tomados da língua inglesa e incorporados à língua portuguesa sem tradução. Nota: Os termos que aparecem destacados em negrito e sublinhados encontram-se comentados no I2. glossário, a partir da p.119 deste trabalho

Abstract: The purpose of this study is to discuss the writing that proposes itself as conversation in home pages of internet. Our aim is to analyze how the author of a home page builds a self projection by using, for instance, certain marks of enunciation and graphical signs to establish a relationship between this self projection and the reader of the page. The material of this research is composed by 50 (fifty)home pages casually collected at internet. Our method is related to the theories of enunciation and writing and specially to those studies which emphasize dialogy in languageand the relation between writing modality and oral modality. Two main aspects are focused: the first one is the hypothesis of the emergence of a new discoursive gender, established by the activity of writing in homepages. To investigate this probable new gender, we elaborate a comparative study between the writing in homepages and another sort of writing, as the self presentations on the cover of traditionally impressed books, the (auto)biographies,the manuscript letters and the e-mails.We look for the main caracteristics of thisdigital writing, as it is established relating itself to other practices of writing. In our opinion, this newgender is characterized by the phatic function of language, that means, by an activity marked by rithualistic formulas of communication less than by informative ones. Looking for establishing a contact with the reader (characteristical of the phatic function), the author of a home page projects a selfimage (a character) that seems niee, simulating an intimacy to reach bis aim. However, the practice of the phatic function masks the confiscation of the word in this gender of writing: the author has the right to express himself, but only in a determinate way. To build bis self image, the author brings recourses from the writing modality, as certain marks of enunciation and graphical signs. So, the second aspect we focus refers to the mode of enunciation that characterizes the gender of writing in home pages. We investigate the functioning of an enunciative division between the author, the "hero" (the built character) and the reader of the home pages in the study of their linguistic materiality.For that, we consider some aspects of writing modality in home pages, as the emoticons and "giggles" commonly used in digital writing, considering also the question of punctuation (and its relation to prosody) in digital texts, and the one of lexical investigation of the texts in the homepages, as we notice that terms from the technological area are often employed, mainly the ones which are taken from English and incorporated in Portuguese writing with no translation
Subject: Escrita
Análise do discurso
Home Page (Computação)
Internet
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Komesu_FabianaCristina_M.pdf5.97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.