Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270886
Type: TESE
Title: Um estudo da ortografia da obra Os Lusiadas (1572) de Luis de Camões
Title Alternative: A study of the orthography of the works The Lusiadas (1572) of Luis of Camões
Author: Souza, Nazarete de
Advisor: Cagliari, Luiz Carlos, 1945-
Abstract: Resumo: Esta Tese apresenta um estudo da ortografia de Os Lusíadas, de Luís Vaz de Camões, em sua primeira edição (1572). O principal objetivo é revelar a situação da ortografia portuguesa no século XVI. Este estudo, portanto, representa uma importante contribuição para um melhor entendimento da história da ortografia portuguesa bem como para a história da própria língua. A obra-prima de Camões é um dos trabalhos mais importantes na história da literatura portuguesa e tem um valor histórico relevante porque foi vista como um modelo, não somente pelos seus propósitos literários, mas também pela sua ortografia. O clássico camoniano influenciou de maneira muito significativa os rumos da ortografia da Língua Portuguesa, uma vez que representou uma clara divisão entre a antiga ortografia e os novos sistemas introduzidos pelos estudiosos do século XVI. Para cumprir o objetivo da Tese é apresentada, em resumo, a situação da ortografia antes e imediatamente após a publicação da obra de Camões, com a finalidade de estabelecer qual era o sistema ou a tradiçao no uso da língua escrita. Para tanto, os dois primeiros gramáticos portugueses, Fernão de Oliveira e João de Barros, são referências importantes para mostrar a pronúncia e a descrição dos segmentos fonéticos que eles associavam às letras. Por outro lado, os ortógrafos, Pero Magalhães de Gândavo, Duarte Nunes de Leão e Álvaro Ferreira de Vera, apontavam o melhor modo para escrever a língua, de acordo com a interpretação deles, indicando como a ortografia deveria ser. Em seus trabalhos há também descrição da pronúncia e de como as letras deveriam ser usadas para representar os segmentos fonéticos. Os trabalhos desses estudiosos foram usados aqui com o propósito de extrair as informaçoes necessárias para entender como a língua era pronunciada e como deveria ser escrita no tempo de Camões. As gramáticas apareceram antes da publicação d'Os Lusíadas e os trabalhos dos ortógrafos depois. Neste estudo, os elementos gráficos das palavras foram analisados e interpretados de acordo com uma metodologia especial que foi utilizada pela autora quando escreveu uma dissertação de mestrado sobre a ortografia da famosa Carta de Pero Vaz de Caminha sobre o descobrimento do Brasil. Finalmente, a presente Tese pretende contribuir para o estudo do sistema escrito e para o melhor entendimento dos fenômenos lingüísticos relacionados à língua oral e escrita.

Abstract: This thesis presents an orthographic study of Luiz Vaz de Camões' Os Lusíadas in its first edition (1572). The main objective is to reveal the situation of the Portuguese spelling at that time in the XVI century. This study, therefore, represents an important contribution to a better understanding of the history of the Portuguese orthography as well as to the history of the language. Camões' masterpiece is one of the most important works in the history of Portuguese literature. Given its importance since its first edition, Os Lusíadas has been seen as a model not only for literary purpose, but also for spelling, since it represented a clear cut between the old spelling and the new systems introduced by the first grammarians and orthographists in the XVI century. To accomplish the goals of the thesis, it is presented in short the situation of the spelling just before and immediately after the publication of Camões' book, in order to set up what was the system or the tradition in use to write down the language. To do so, the two first grammars of the language, one by Fernão de Oliveira and the other by João de Barros are important references to show the pronunciation and the description of the phonetic segments they associated to the letters. On the other hand, the orthographists pointed out the best way to write the language in their interpretation, indicating how the spelling should be. In their works we have also phonetic descriptions of the pronunciation and the description on how the letters were used to represents phonetic segments. The works by Pero de Magalhães de Gândavo, Duarte Nunes de Leão e Álvaro Ferreira de Vera were used for the purpose of extracting the necessary information to understand how the language were pronounced and should be written at Camões' time. The grammars appeared before the publication of Os Lusíadas and the orthographists' works appeared after it. The graphic elements of the words were analysed and interpreted according to a special methodology that was used by the author of this work when she wrote a MA Dissertation about the spelling of the famous letter by Pero Vaz de Caminha, about the discovery of Brazil. Finally, the present thesis intents to contribute to the study of the history of Portuguese language, to language teaching, to the study of writing systems and to a better understanding of linguistic phenomena relating oral and written language.
Subject: Camões, Luis de, 1524?-1580 - Crítica e interpretação
Linguística histórica
Língua portuguesa
Ortografia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_Nazaretede_D.pdf27.85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.