Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270866
Type: TESE
Title: Análise fonética e fonológica da língua Krenak e abordagem preliminar de contos Botocudo
Title Alternative: Phonetic and phonological analysis of Krenak Language and preliminary approach of Botocudo tales
Author: Pessoa, Katia Nepomuceno, 1980-
Advisor: Seki, Lucy, 1939-
Abstract: Resumo: Botocudo é um nome genérico aplicado aos índios que tinham como padrão de cultura o uso de botoques de madeira, auriculares e labiais, prezando por adornos corporais (pulseiras, perneiras, colares e pintura no corpo) (MARCATO, 1979). Esses índios ocupavam as regiões do interior do leste e sudeste brasileiro, vivendo em faixas florestais da Mata Atlântica e Zona da Mata e foi sobre eles que se deu a maior repressão oficial e extraoficial do homem branco contra uma população indígena já registrada no Brasil, o que levou ao desaparecimento de quase todos os membros pertencentes a este grupo. Atualmente, os únicos representantes sobreviventes são os índios Krenak, que habitam a Aldeia Krenak, às margens do rio Doce, entre as cidades de Conselheiro Pena e Resplendor, no Estado de Minas Gerais. A língua Krenak é considerada como uma língua em situação de extremo risco de extinção. Mesmo assim, assumimos que a língua continua viva e que deve, portanto ser descrita, a fim de que possamos contar com estudos cada vez mais recentes e que ofereçam mais informações linguísticas sobre as línguas da família Botocudo/ Krenak Neste trabalho, temos como objetivo principal descrever aspectos fonéticos e fonológicos da língua Krenak. De modo complementar, apresentamos uma descrição da morfossintaxe da língua, segundo Seki (2000, 2001, 2004) e, a partir destes estudos, propomos uma análise preliminar de contos Botocudo, coletados pelo pesquisador russo Heri Herikovich Manizer, em 1915. Os dados de áudio foram coletados por Seki, entre os anos de 1979 e 1981. O estudo fonético revelou características articulatórias das nasais surdas e dos segmentos de contorno (as nasais pré e pós oralizadas) da língua. A descrição fonológica permitiu distinguir vogais orais e nasais, diferentemente do que fora proposto anteriormente no estudo de Silva (1986). As reflexões fonológicas tiveram por base a Geometria dos Traços (Clements e Hume, 1995) e a tipologia proposta por Wetzels (2008), a qual nos permitiu argumentar em favor da existência de uma classe /B/ como subjacente no sistema da língua, mesmo que sua manifestação superficial seja predominantemente realizada por meio da forma bifásica [mb]. Na coda, foi possível identificar a presença de segmentos de contorno parcialmente orais/nasais, os quais ocorrem como uma estratégia da língua para preservar a distinção entre vogais orais x nasais. Estas considerações foram determinantes para a definição do padrão silábico e dos processos fonológicos observáveis na língua. Ainda, o estudo fonológico permitiu verificar características referentes ao acento do Krenak. Ainda, a fim de apresentar uma visão mais ampla da língua, incluímos em nossa discussão um resumo do estudo de Seki acerca das características morfossintáticas da língua Krenak. A partir dos estudos apresentados, passamos para uma apreciação dos contos Botocudo coletados por Manizer em 1915. Estes contos apresentam-se como um material inédito e podem vir a contribuir para a recuperação de aspectos lingüísticos e culturais do grupo Krenak. Veremos que, apesar de ser possível ter uma compreensão geral sobre o funcionamento da língua, existem ainda vários aspectos que precisam ser esclarecidos, como a função de alguns morfemas e partículas. No entanto, estes avanços talvez sejam viáveis apenas por meio de uma nova coleta que conte com a colaboração direta dos falantes atuais

Abstract: Botocudo is a common name applied to the natives who has a cultural pattern used to use wooden, lip and auricular botoques, valuing body adornments (bracelets, necklaces, body painting and others) (MARCATO, 1979). These natives used to occupy the Brazilian east and southeast hinterland, living in forest belts of the Atlantic Forest and Forest Zone and it was over them that there was the greater official and "off the record" white man repression against an indigenous population ever registered in Brazilian records, which led to the disappearance of almost all the members belonging to this group. Nowadays, the only remaing survivors are the Krenak indians who live in the Krenak village, on the banks of Rio Doce, between the cities of Conselheiro Pena and Resplendor, in the state of Minas Gerais. The Krenak language is considered as in extreme extinction risk. Even though, it is assumed that it is still alive and, therefore, it must be described hence we can count on new and recent studies which provide more linguistic data on the Botocudo/Krenak family. In this dissertation, the main goal is to describe phonetic and phonologic aspects of the Krenak language. As a complement, we present a description of the language's morphosyntax, according to Seki (2000, 2001, 2004) and, from these studies, we propose a preliminary analysis of Botocudo tales, collected by the Russian researcher Heri Herikovich Manizer, in 1915. The audio data was collected by Seki, between the years of 1979 and 1981. The phonetic study revealed articulatory characteristics of voiceless nasals and the contour segments (the pre and post oralized nasals) of the language. The phonological description allowed distinguishing oral and nasal vowels, differently from what was posed by Silva (1986). The phonological analysis were based on the Feature Geometry (Clements e Hume, 1995) and the typology on Wetzels (2008), which granted us talking about the existence of a class /B/ as an underlying segment of the language system, even if its superficial manifestation is mostly done through its biphasic form [mb]. In the coda it was possible to identify the presence of contour segments partially oral/nasal, which occur as a language strategy to preserve the distinction between oral and nasal vowels. These considerations were determinant to define the syllabic pattern and the language observable phonological processes. Yet, the phonological study allowed verifying characteristics related to the Krenak accent. In order to present a wider perspective of the language, we included in this work a summarized Seki's study concerning morphossyntatic characteristics of Krenak language. From the present studies, we go for an analysis of the Botocudo tales collected by Manizer in 1915. These tales are presented as an unpublished material and might contribute to the recovery of cultural and linguistic aspects of Krenak. We will see that, besides the possibility of having a general understanding of the language functionality, there are, still, many aspects which must be clarified such as, the function of certain morphemes and particles. However, these improvements may become impossible to happen until its done a new collection relied on the directly contribution of the current speakers
Subject: Manizer, G. G. (Genrikh Genrikhovich), 1889-1917
Língua Krenak
Nasalidade (Fonética)
Segmento de contorno (Fonologia)
Índios Botocudo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pessoa_KatiaNepomuceno_D.pdf31.7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.