Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270865
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Sanapaná uma língua Maskoy : aspectos gramaticais
Title Alternative: Sanapaná a Maskoyan language : a grammar sketch
Author: Gomes, Antonio Almir Silva, 1979-
Advisor: Seki, Lucy, 1939-
Abstract: Resumo: Esta Tese tem como objeto aspectos da gramática Sanapaná relativos à sentença simples. Sanapaná é a língua falada pelo povo homônimo que vive, dentre outras, na comunidade La Esperanza, às proximidades do município de Loma Plata - Paraguai. Constituída por seis capítulos, no primeiro constam informações gerais sobre o povo Sanapaná e sua língua inseridos em um contexto socioeconômico, cultural e linguístico. No segundo capítulo, apresento uma análise de aspectos fonéticos e fonológicos, com ênfase para os segmentos consonantais e vocálicos, bem como para a sílaba. O terceiro e o quarto capítulo são destinados ao sintagma nominal. A divisão entre ambos os capítulos pauta-se na concepção de categorias abertas e de categorias fechadas proposta por Schachter e Shopen (2007). Desta forma, no Capítulo III trato das categorias abertas, mais especificamente do Nome e do Adjetivo e, no Capítulo IV, trato das categorias fechadas que se relacionam com as categorias abertas. Incluem-se aí, portanto, os pronomes, os numerais, os advérbios, os quantificadores e as adposições. Compreende-se uma interface Morfologia / Sintaxe ao longo destes dois capítulos. Após referir-me ao sintagma nominal compreendido pelos dois tipos de categorias expressos nos capítulos III e IV, faço referência, no Capítulo V, ao sintagma verbal. Para isso, trato o verbo, assim como nos capítulos anteriores, em sua interface Morfologia / Sintaxe. Na perspectiva da Morfologia, mostro que o verbo Sanapaná apresenta algumas semelhanças com o nome no que diz respeito ao uso de prefixos. No entanto, distinguem-se em relação ao uso de sufixos. Na perspectiva da Sintaxe, mostro o verbo como predicador e, consequentemente, seus mecanismos relativos aos argumentos por ele requeridos. No Capítulo VI trato de aspectos da gramática Sanapaná relativos às sentenças envolvendo negação e imperativo. A análise apresentada para a negação assume (i) a existência de dois processos distintos, sendo um o uso de afixos e outro o uso de partículas e (ii) que tais processos interagem morfossintaticamente. Os seis capítulos em questão não esgotam a discussão acerca da sentença simples Sanapaná mas, ao contrário, a introduz. Apesar disso, constitui-se esta Tese um passo importante para o conhecimento linguístico mais amplo de uma língua da família Maskoy, considerando-se, sobretudo, o conhecimento reduzido que a comunidade científica detém das referidas línguas, em virtude da pouca oferta de trabalhos linguísticos disponíveis referentes, a qualquer uma das seis línguas que constituem a referida família. Esta Tese é, portanto, um dos primeiros estudos sistemáticos de uma língua Maskoy, o que me permite assumir que trabalhos futuros serão importantes para esclarecer, inclusive, dúvidas postas ao longo dos capítulos mencionados. Torna-se a referida Tese, portanto, uma rica fonte de informação de uma língua do Paraguai

Abstract: This thesis has as its objective aspects of grammar of Sanapaná relating to simple sentences. Sanapaná is the language spoken by the Sanapaná people, among others those living in the community La Esperanza, in the vicinity of the city of Loma Plata - Paraguay. The thesis consists of six chapters, the first containning general information about the people and their language in socioeconomic, cultural and linguistic context. In the second chapter I present an analysis of phonetic and phonological aspects, with emphasis on consonant and vowel segments, as well as the syllable. The third and fourth chapters are dedicated to the noun phrase. The division between the two is guided by the design categories of open and closed categories proposed by Schachter e Shopen (2007). Thus, in Chapter III open categories are discussed, specifically nouns and adjectives, and in Chapter IV I discuss the closed categories that relate to open categories: pronouns, numerals, adverbs, quantifiers and adpositions. These two chapters demonstrate the Morphology / Syntax interface. After discussing the noun phrase, defined by the two types of categories analyzed in Chapters III and IV, I refer, in Chapter V, to the verb phrase, and its Morphology / Syntax interface. From the perspective of Morphology, I show that the verb in Sanapaná bears some resemblance to the noun with respect to the use of prefixes. However, they differ regarding the use of suffixes. From the perspective of Syntax, the verb is shown to be with mechanisms for its required arguments. Chapter VI deals with aspects of Sanapaná grammar inherent in sentences with negation and in imperative sentences. The analysis presented for negation assumes (i) the existence of two distinct processes, one being the use of affixes, and the other the use of particles and (ii) that such processes interact morphosyntactically. Finally, I consider that the content of this thesis does not exhaust the discussion of the simple sentence Sanapaná but, on the contrary, introduces it. With this, I assume that future work will be important to clarify questions raised throughout the chapters of this dissertation. Above all, this PhD thesis is one of the most concrete studies of a member of the Maskoyan language family, which make it a reference point in linguistic investigation of the indigenous languages of Paraguay
Subject: Língua sanapaná
Língua sanapaná - Sintagma nominal
Língua sanapaná - Sintagma verbal
Língua sanapaná - Morfologia
Língua sanapaná - Sintaxe
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gomes_AntonioAlmirSilva_D.pdf29.9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.