Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270841
Type: TESE
Title: Tough-constructions e posição de sujeito no português brasileiro
Title Alternative: Tough-constructions and subject position in brazilian portuguese
Author: Moreno, Bruna Sanchez, 1990-
Advisor: Avelar, Juanito Ornelas de, 1974-
Abstract: Resumo: À luz do Programa Minimalista (Chomsky 1995, 2001, 2004, 2008), o presente trabalho se propõe a examinar orações infinitivas preposicionadas em construções com predicados de natureza adjetival do tipo "difícil/ fácil", denominadas tough-construtions na literatura gerativista. Parte-se da observação de Galves (1987) acerca da ambiguidade que tais sentenças desencadeiam no Português Brasileiro (PB), mas não no Português Europeu (PE), com a finalidade de responder por qual motivo o PB admite a interpretação em que o sujeito nulo da oração encaixada pode ser correferente ao DP na posição de sujeito da oração matriz. A hipótese que orienta este trabalho considera a proposta de Ouali (2008) a respeito de retenção, doação ou compartilhamento de traços-? na relação entre os núcleos C(omplementizador) e T(empo) para apontar que, no PB, a preposição "de" introdutora da oração infinitiva é um C que pode reter ou compartilhar traços-? com T. Esse núcleo funciona, nesse sentido, como uma fonte provedora de Caso, licenciando um pronome nulo pro como argumento externo da oração encaixada, o qual pode ser correferente ao sujeito da oração matriz. O mesmo não se aplica ao PE, cuja única categoria permitida como sujeito da oração infinitiva é um PRO arbitrário, tendo em vista que, nessa gramática, o núcleo C introdutor da oração infinitiva em tough-constructions não é uma fonte provedora de Caso

Abstract: In light of the Minimalist Program (Chomsky 1995, 2001, 2004, 2008), this study aims to examine infinitive sentences introduced by a preposition in constructions centered in a "hard / easy" predicate, so-called tough-constructions in the generative literature. This dissertation assumes Galves¿ observation (1987) about the ambiguity triggered by such sentences in Brazilian Portuguese (BP), but not in European Portuguese (EP), in order to account for the reasons why BP admits the interpretation in which the null subject of the embedded non-finite sentence can be correferent to the DP in subject position in the matrix sentence. The present hypothesis that guides this work considers Ouali (2008) in regard to to keeping, donating or sharing the ?-features between C(omplementizer) and T(ense) to point out that, in BP, the preposition "de", which introduces the infinitive sentence, is a C that can keep or share its features with T. In this sense, this C provides Case to a null pronoun pro, licensed as external argument in the embedded sentence and correferent to the subject in the matrix sentence. The same does not apply to EP, which just allows an arbitrary PRO as the subject of the non-finite sentence, given that, in this grammar, the introducer C of the infinitive sentence in tough-constructions does not assign Case to any element in Spec-T
Subject: Gramática gerativa
Língua portuguesa - Sintaxe
Movimento tough
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Moreno_BrunaSanchez_M.pdf898.16 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.