Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270832
Type: TESE
Title: "A favela de influencia" : uma analise das praticas discursivas dos Racionais MCs
Author: Motta, Ana Raquel, 1975-
Advisor: Romualdo, Jonas de Araújo, 1948-
Abstract: Resumo: Este trabalho é uma análise das práticas discursivas a que adere o grupo de rap Racionais MCs, considerado por grande parte do público e da mídia como o mais importante grupo deste gênero musical no Brasil. O primeiro capitulo traça um breve panorama histórico do rap (rhythm and poetryj, o que inclui: seu nascimento nos guetos de Nova Iorque, EUA, no final da década de 1960 e sua chegada ao Brasil, mais especificamente a São Paulo, na década de 1980. Faz também uma reconstituição histórica do surgimento e trajetória do grupo Racionais MCs, através da união de seus quatro integrantes: Mano Brown e Ice Biue (da zona sul da periferia paulistana) e Edi Rock e KL Jay (da zona norte da periferia paulistana). Ainda nesse capítulo, estabelece-se uma breve discussão conceituai sobre o rap ser um género independente, que pode ser usado por qualquer grupo social, ou parte de uma determinada formação discursiva. Os segundo e terceiro capítulos aplicam à obra dos Racionais as sete hipóteses do livro Genèses du Discours, do autor francês Dominique Maingueneau. O segundo capítulo engloba as quatro primeiras hipóteses, que vinculam o discurso ao interdiscurso e buscam compor uma teoria acerca da competência discursiva. O terceiro capítulo engloba as três últimas hipóteses de Maingueneau, que se caracterizam por associar o discurso a instâncias vistas comumente pela Análise do Discurso como "exteriores" a ele: a institucional, a intersemiótica e a histórica. O quarto e último capítulo foca especificamente a construção do ethos discursivo dos Racionais MCs, levantando e analisando cinco características que se depreendem do corpus de estudo como fundamentais para a constituição do sujeito autorizado por esta formação discursiva

Abstract: This work is an analysis of the discursive practices utilized by the rap group Racionais MCs, considered by a great portion of the public and midia as the most important one in the Brazilian rap scenario. The first chapter outlines a brief historic context of rap (rhythm and poetry), including: its beginning m the New York City guetoes. in the 1960's and ns arrival m Brazil, more specifically in Sao Paulo, in the 1980's. It also reconstitutes the history of the sprouting and evolution of the group Racionais MCs. through the gathering of its four members; Mano Brown and Ice Blue (from the south side outskirts of São Paulo) and Edi Rock and KL Jay (from the north side outskirts of São Paulo). Still in this chapter, a brief conceptual discussion takes place about rap being an independent music style, that can be used by any social class, or still part of a determined discursive formation. The following chapters, second and third, apply to the Racionais' work the seven hypotheses from the book Genèses du Discours, by the French writer Dominique Maingueneau. The second chapter covers the first four hypotheses, that tie the discourse to the inter-discourse and seek to compose a theory regarding the discursive competence. The third chapter refers to the last three hypotheses from Maingueneau. which can be characterized by the association of the discourse to instances commonly viewed by the Discourse Analysis as "exterior" to it: institutional, intersemiotical and historical. The fourth and last chapter focuses specifically on the construction of the discursive ethos of the Racionais MCs, raising and analyzing five characteristics that are perceived from the corpus of study as key to the constitution of the subject authorized by this discursive formation
Subject: Análise do discurso
Rap (Musica) - Textos
Música popular
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Motta_AnaRaquel_M.pdf8.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.