Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270825
Type: TESE
Title: Relatorios individuais de alunos : genero discursivo relevante nas praticas pedagogicas alternativas
Title Alternative: Individual reports of student's evaluation : a relevant gender of discourse in the alternative pedagogical practices
Author: Bearzotti Pires, Vivian
Advisor: Geraldi, João Wanderley, 1946-
Abstract: Resumo: Nesta dissertação, faz-se a análise de um conjunto de documentos, Relatórios Individuais de Avaliação de Aluno, que circulam em escolas aqui denominadas como 'escolas alternativas¿, abordando este conjunto de documentos como um gênero de discurso, segundo a concepção de Bakhtin e de seu círculo. Diante de uma compreensão dialógica da linguagem, parte do pressuposto de que os interlocutores privilegiados do gênero são a escola que os produz e os pais dos alunos, ambos imersos no discurso pedagógico alternativo. Para dar conta da situação de enunciação do gênero, da relação de interlocução com a própria escola e do discurso pedagógico alternativo em seu embate com o discurso pedagógico tradicional, no primeiro capítulo, faz-se uma breve reconstrução histórica da emergência dessas escolas no ensino privado, por meio de um diálogo entre alguns apontamentos históricos acerca da constituição da escola moderna de caráter tradicional e aqueles do surgimento da própria escola alternativa. Neste diálogo, focalizam-se as diferentes (e semelhantes) concepções de família e de infância, de modo de produção, e de ciência, e suas diferentes (e semelhantes) incidências nos discursos (e práticas) pedagógicos tradicional e alternativo, naquilo que contribuem para sua concepção de sujeito aprendiz. O material de análise para a reconstrução da emergência dessas escolas é extraído dos históricos presentes nos sites da Internet de algumas escolas dessa natureza. A voz polifônica que assume a narração é a da escola como instituição. No segundo capítulo, a voz polifônica que assume a autoria do material de análise continua sendo a da escola como instituição, e o lugar de extração continua sendo os sites das escolas, espaço de publicidade de seu fazer e de seu pensar, dado essas escolas venderem seus serviços, uma vez que são escolas privadas. Os enunciados aí presentes são tomados, fundamentalmente, como dirigidos aos pais de alunos ou possíveis alunos. Focam-se, nesse capítulo, as apresentações das escolas em seus sites, a fim de conhecer uma parte da entonação (Bakhtin) persuasiva das mesmas dirigida aos pais, mais especificamente, o ethos confiável que procuram mostrar tanto em seu caráter como em sua corporalidade. Chega-se a um ethos que apresenta essas escolas como portadoras de uma tradição na vanguarda da educação. No terceiro capítulo, produz-se a análise dos documentos propriamente dita. A voz polifônica que assume a autoria dos documentos é a do professor que avalia o seu aluno. Para dar conta do diálogo com o 'outro¿ que procura negar, o discurso pedagógico tradicional, faz-se uma breve genealogia do gênero sob análise em confronto com gêneros assemelhados desse seu outro. Do diálogo tenso com os discursos pedagógicos e com a escola, depreende-se a forma composicional do gênero, introduzido por um cabeçalho, no qual se lê uma certa cena enunciativa, bem como, no restante de seu corpo textual, a explicitação/implicitação daquilo que constitui seu tema, alguns 'observáveis¿ de avaliação do aluno de naturezas sócio-afetiva e cognitiva, bem como um observável híbrido e núcleo convergente do discurso pedagógico alternativo: a autonomia. Do diálogo com os pais, que delegaram a educação dos filhos àquela escola em específico, pode-se depreender o estilo persuasivo do gênero, seja pela explicitação da fundamentação teórica, representada pelos diversos 'observáveis¿, seja pelo jogo entre o elogio no uso de um 'olhar sensível¿ ¿ que marca esse discurso - e o seu deslizamento para a 'paparicação¿ na descrição das características e condições do aluno. O caráter persuasivo sedutor, presente no ethos das escolas, confirma-se como marca de estilo neste gênero do discurso

Abstract: In this research, it is led an analysis in a group of documents, Individual Reports of Student¿s Evaluation, approached as gender of discourse, according to Bakhtin and his circle, and which circulates in schools here named ¿alternative schools¿. Having a dialogic comprehension of language, we presuppose that the school and the parents produce the privileged interlocutors of gender, both immersed in an alternative pedagogical discourse. In order to show the gender in situation of enunciation found in the relation of interlocution between the school and the alternative pedagogical discourse in its encounter with traditional pedagogical discourse, in the first chapter we make a brief historical reconstruction of the emergence of those private schools, throughout a dialog among some historical notes on the constitution of the modern school with a traditional character, and those found in the appearance of the alternative school. In this dialog, it is focused the different (and similar) conceptions of family and childhood, the way of production, and science, and its different (and similar) incidences of traditional and alternative pedagogical discourses (and practices), which contribute for its conception of learner subject. The material for analysis of the reconstruction of the emergence of these schools is assembled from the historic located in Internet sites of some schools. The school, as an institution, is the polyphonic voice that embraces the narration. In the second chapter, the polyphonic voice that assumes the authorial persona of the material of analysis is still the school as an institution, and the place of gathering data is still the sites of the schools, spot of publicity where the schools sell their services, once they are private schools. The utterances presented there are understood, fundamentally, directed towards the parents of the students or possible future students. In this chapter, it is shown the presentation of those schools in their sites, in order to acknowledge their part of persuasive intonation (Bakhtin) towards the parents, specifically a trustful ethos that they try to show, not only in their character but also in their corporality. We come to an ethos that presents those schools as having a tradition in the vanguard of education. In the third chapter, it can be found the analysis of documents. The polyphonic voice that assumes the authorial persona of the documents is the teacher that evaluates his student. For dealing with the dialogue of the ¿other¿ that the alternative pedagogical discourse tries to deny - the traditional pedagogical discourse -, it is made a brief genealogy under analysis in comparison to genders alike of that other discourse. From the tense dialogue with the pedagogical discourses and the school, it is apprehended that the compositional form of gender, introduced by a headline, in which it can be read an enunciative scene as well as in the rest of the textual body, the explicitation/implicitation of that which constitutes its theme, some ¿observable¿ of student¿s evaluation from cognitive and socio-affective natures, as well as an observable hybrid and convergent nucleus of the alternative pedagogical discourse: the autonomy. From the dialogue with the parents, who delegate the education of their children to that specific school, it is possible to extract the persuasive style of gender either by the theoretical discussion explicit, represented by several ¿observable¿, or by the ability of a ¿sensitive look¿ in a way of praising ¿ which marks this discourse ¿ and its movement to the ¿flattery¿ when describing the characteristics and conditions of the student. The seductive-persuasive character in the ethos of the schools is confirmed as a mark of style in this gender of discourse
Subject: Análise do discurso
Generos discursivos
Subjetividade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
BearzottiPires_Vivian_M.pdf953.54 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.