Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270781
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Marcadores discursivos e articulação topica
Title Alternative: Discourse markers and topic articulation
Author: Penhavel, Eduardo
Advisor: Koch, Ingedore Grunfeld Villaça, 1933-
Abstract: Resumo: O presente trabalho compreende, numa primeira parte, uma análise do atual estado da arte no que se refere a pesquisas sobre Marcadores Discursivos (MDs) e, numa segunda parte, uma análise específica de MDs particularmente no âmbito da Perspectiva Textual-Interativa (Jubran e Koch, 2006). Na primeira parte, apresentamos uma proposta de classificação de abordagens de MDs, baseada em Fischer (2006a), segundo a qual podem ser distinguidos três tipos básicos de abordagens: (i) as que analisam como MDs expressões integradas a um enunciado matriz, com função de conexão e que se referem a um aspecto desse enunciado; (ii) aquelas que tomam como MDs expressões constituindo um enunciado independente, com função de gerenciamento da conversação e que se referem a planos de referência; (iii) as que consideram como MDs ambos os tipos de expressões. Em seguida, focalizamos a questão da pluralidade desordenada de abordagens particulares, típica do cenário atual de estudos sobre MDs, e argumentamos que essa situação deve-se, em parte, à natureza processual das expressões estudadas e, em parte, à diversidade desarticulada de modelos de análise que caracteriza a própria área de estudos linguísticos atualmente. Na segunda parte da tese, procuramos demonstrar, especificamente, de que forma os MDs contribuem para o processo de estruturação intratópica. Defendemos que, particularmente no gênero Relato de Opinião, esse processo funda-se na relação central-subsidiário, ou seja, na combinação, potencialmente recursiva, de conjuntos de enunciados que constroem referências centrais e conjuntos que constroem referências subsidiárias em relação a uma ideia nuclear em pauta no decorrer de um Segmento Tópico. Assumimos, então, que é em relação a esse esquema de organização que os MDs atuam em termos de estruturação intratópica e sistematizamos três aspectos desse uso: (i) definimos o traço sequenciador tópico, como consistindo na introdução de grupos de enunciados com estatuto tópico central ou subsidiário; (ii) demonstramos que os MDs operam em relação a domínios de estruturação intratópica; (iii) distinguimos dois padrões básicos de uso de MDs, correspondentes à marcação total e parcial das partes componentes de um domínio

Abstract: This dissertation is about discourse markers (DMs). It is organized into two parts. In the first part, a classification of approaches to DMs is proposed on the basis of Fischer's (2006) analysis. Three basic types are distinguished: (i) approaches that analyze DMs as expressions integrated into host utterances, with connecting functions and referring to a certain aspect of these utterances; (ii) approaches that take DMs as independent expressions, with functions regarding conversation management and referring to planes of reference; (iii) approaches that combine the first two types. In addition, the issue of the many different perspectives on DMs that presently exist is addressed, with the argument being that such a situation arises not only from the procedural nature of these items, but also from the unintegrated diversity of models of analysis available in linguistics nowadays. In the second part of the dissertation, within textual-interactive perspective (Jubran & Koch 2006), it is shown how DMs contribute to the process of intratopic structuring. It is argued that, in the genre Opinion Report, this process is based on the central-subsidiary principle. More specifically, it is argued that the intratopic structuring consists in a potentially recursive combination of groups of utterances that construct central references in relation to an ongoing core idea, with groups of utterances that construct subsidiary references in relation to such an idea. DMs are assumed to operate (in terms of intratopic structuring) with respect to this organizational mechanism, with three aspects of such use being systematized: (i) the feature topic sequencing is defined, and it is treated as involving the introduction of groups of utterances with central or subsidiary topic status; (ii) DMs are showed to operate in relation to intratopic structuring domains; (iii) two basic patterns of use of DMs are distinguished, corresponding, respectively, to the introduction of all, or a few of, the component parts of a domain
Subject: Marcadores discursivos
Topico discursivo
Articulação topica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Penhavel_Eduardo_D.pdf1.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.