Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270779
Type: TESE
Title: A expressão verbal da futuridade no gênero notícia radiojornalística
Title Alternative: The expression of futurity in news with interview genre
Author: Cintra, Marcos Rogério
Advisor: Koch, Ingedore Grunfeld Villaça, 1933-
Abstract: Resumo: Com base numa proposta sociocognitivo-interacionista, este trabalho aborda a manifestação verbal do futuro do presente no gênero notícia radiojornalística com entrevista (NRE), nos programas radiofônicos "Desperta Rio Preto", "Jornal do Servidor Público Municipal" e "Jornal do Trabalhador", da cidade de São José do Rio Preto - SP. Parte-se do pressuposto de que determinadas formas de expressão verbal podem ser discursivamente promovidas e que, por isso, é possível analisar a manifestação da futuridade pela compreensão da situação interativa. Definida como um gênero cuja finalidade comunicativa consiste na divulgação de realizações planejadas (sejam acontecimentos ou procedimentos), a NRE é caracterizada como um projeto de dizer estrategicamente elaborado e compartilhado por atores sociais que desempenham papéis na cena enunciativa. Na medida em que esse gênero realça a natureza factual do conteúdo informado, a virtualidade inerente à futuridade é, por conseguinte, atenuada, trazendo implicações para a projeção das formas de futuro na cena enunciativa. O estudo concentra-se nas duas construções mais recorrentes de expressão do futuro do presente nesse gênero, as perífrases ir (presente) + infinitivo (IINF) e ir (presente) + estar + gerúndio (IEG), interpretadas como dois GO-FUTURES que se diferenciam pela perspectivação discursiva do evento infinitivo noticiado. Propõe-se que o intercâmbio entre o infinito e o infinito perifrástico pode ser interpretado, na expressão da futuridade perifrástica, como a atualização de dois níveis de perspectivação: a "relevância do presente" (FLEISCHMAN, 1982a, 1982b, 1983) e a "focalização" ou "focagem" (LANGACKER, 1991, 2000, 2002 [1991]). Considera-se que o gênero NRE favorece a projeção discursiva da eventualidade infinitiva como uma situação em desenvolvimento e, por conseguinte, propicia a atualização de formas de futuro progressivo (IEG). Tendo em vista os tipos de eventos noticiados e a dinâmica interacional dessa situação interlocutiva, propõe-se uma classificação discursiva do futuro verbal e discute-se a sobreposição modal das principais formas de futuridade em favor do gerenciamento da interação

Abstract: Based on a social cognitive approach, this study focuses on the verbal manifestation of the future of present in the genre News with Interview (NWI) in the radio programs "Desperta Rio Preto," "Jornal do Servidor Público Municipal," and "Jornal do Trabalhador," all aired in the town of São José do Rio Preto - SP. We argue that certain forms of verbal expression can be discursively motivated and therefore it is possible to analyze the manifestation of futurity by understanding the interactive situation. Defined as a genre whose communicative purpose consists of publicizing planned actions (whether it be events or procedures), NWI is described as a shared and strategically elaborated activity performed by social actors which play roles in the interactional scene. Insofar as this genre underscores the factual nature of what is informed, the virtuality inherent in futurity is therefore undermined, affecting the projection of future forms in the discursive scene. This study focuses on the two most recurrent verbal constructions involved in the future of present expression in such genre: the periphrases ir (present) + infinitive (IINF) and ir (present) + estar + gerund (IEG), interpreted as two GOFUTURES, which differ by means of a strategy of discursive perspectivation of the newsreported infinitive event. As a result, we argue that the interchange between infinitive and periphrastic infinitive can be interpreted within the periphrastic futurity expression as a manifestation of two levels of perspectivation: "present relevance" (FLEISCHMAN, 1982a, 1982b, 1983) and "focusing" (LANGACKER, 1991, 2000, 2002 [1991]). It is believed that the genre NWI promotes discursive projection of infinitival eventuality as a situation in progress and, consequently, it enables the materialization of progressive future forms (IEG). Taking the types of news-reported events and the interactional dynamics of such an interlocutory situation into consideration, we suggest a discursive classification of the future forms and discuss the modal overlapping of major futurity constructions based on the interaction management
Subject: Lingua portuguesa - Tempo verbal
Lingua portuguesa - Infinitivo
Perspectivação (Linguística)
Radio - Discursos, ensaios, conferências
Radiojornalismo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cintra_MarcosRogerio_D.pdf2.5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.