Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270778
Type: TESE
Title: A construção textual-discursiva do ponto de vista = vozes, referenciação e formas nominais
Title Alternative: The textual and discursive construction of point of view : voices, referentiation and nominal forms
Author: Cortez, Suzana Leite
Advisor: Koch, Ingedore Grunfeld Villaça, 1933-
Abstract: Resumo: Esta tese analisa a construção textual-discursiva do ponto de vista através das formas nominais em contexto argumentativo - reportagens de revistas feminina e masculina. Uma hipótese motivadora desta tese é que a noção do ponto de vista, indo além da focalização narrativa no domínio literário, pode ser utilizada para analisar a complexidade das relações entre as instâncias que povoam o discurso, bem como a heterogeneidade enunciativa que caracteriza a constituição e o gerenciamento das posições. Por esta abordagem dialógica, o ponto de vista está não apenas intrinsecamente relacionado aos mecanismos de expressão da subjetividade, mas também pode ser definido em termos de posição enunciativa, ou como um conjunto de posições enunciativas que são postas em relação e podem ser investigadas à luz da referenciação, precisamente pela maneira como o sujeito apreende um objeto de discurso. O modo de apreensão dos objetos de discurso revela o aspecto dialógico das formas nominais que, como estratégias de referenciação, atuam na representação do ponto de vista. Isso implica dizer que um objeto de discurso é sempre perspectivado, porque manifesta o ponto de vista de um ou mais enunciadores. Assim, investigar a construção do ponto de vista através das formas nominais, referenciais e predicativas, conduz-nos a seguinte indagação : como as formas nominais contribuem para " colocar " a perspectiva de si e do outro no discurso, orientando-o argumentativamente ? Nesse processo, as relações locutor/enunciador são fundamentais e permitem analisar os dispositivos de prise en charge, prise en compte e imputação, assim como a hierarquização dos enunciadores. Na dimensão do dialogismo, esses dispositivos atuam por diferentes procedimentos para a manifestação da presença de si e do outro no discurso, configurando pontos de vista. O ponto de vista do outro é identificado não apenas pelo dizer assumido (prise en charge), mas também através do dizer e de percepções atribuídas pelo produtor do texto (prise en compte e imputação). Assim, para a construção textual-discursiva do ponto de vista, o produtor mobiliza enunciadores e pontos de vista em função do " fazer ver " que configura a orientação argumentativa do texto. Nessa mobilização, o ponto de vista do produtor é apresentado nessa orquestração de "vozes" - percepções, dizeres e ações - que representam o ponto de vista de enunciadores segundos

Abstract: This thesis analyzes the textual and discursive construction of the point of view through nominal forms in argumentative context - articles in male and female magazines. A hypothesis entertained here is that the notion of point of view, beyond the narrative focalization in fiction, can be deployed in order to analyze the complexity of relations among the instances that embody discourse. It also helps understanding the enunciative heterogeneity that establishes and governs positions. In terms of this dialogic approach, the point of view is not only intimately related to the mechanisms of subjectivity expression, but can also be defined in terms of the enunciative position, or as a set of enunciative positions which are entwined and can be investigated as referentiation, precisely the manner the subject apprehends an object of discourse. The mode of apprehension of objects of discourse reveals the dialogic aspect of nominal forms which, being themselves referentiation strategies, act directly on the representation of the point of view. This entails that an object of discourse will always unfold according to a certain perspective, since the object manifests the point of view of one or more enunciators. In this sense, investigating the construction of the point of view through referential and predicative nominal forms takes us to the following question: how do nominal forms contribute to "putting" a perspective of oneself and the other in discourse, so as to orient it argumentatively? In this process, the locutor/enunciator relations are fundamental, and enable us to analyze the mechanisms of commitment (prise en charge), consideration (prise en compte), and imputation, as well as the hierarchization of enunciators. In dialogism, such mechanisms perform differently the manifestation of the presence of oneself and the other in discourse, thus configuring points of view. The other's point of view is identified not only by the assumed speech (prise en charge), but also through the speech and perceptions attributed to the text producer (prise en compte and imputation). Therefore, in order to textually and discursively construct the point of view, the producer brings enunciators and points of view together in accordance with the "to make see" that configures the argumentative orientation of a text. In this gathering together, the point of view of the producer is presented in this orchestration of "voices" - perceptions, speeches and actions - which represent the point of view of supporting enunciators
Subject: Ponto de vista (Literatura)
Expressões nominais
Dialogismo
Representação teatral
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cortez_SuzanaLeite_D.pdf49.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.