Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270763
Type: TESE
Title: A hipotese lexicalista : considerações teoricas e empiricas
Author: Faraco, Carlos Alberto
Advisor: Brandon, Frank Roberts
Abstract: Resumo: O objetivo desta dissertação foi discutir a hipótese lexicalista (proposta em Chomsky, N. 1967. Remarks on Normalization" . In: Jacobs & Rosenbaum (eds.); 1970. Readings in English Transformational Grammar. Walthar (Mass.), Ginn: 184-221) à luz de dados do português. O texto está dividido em três partes, seguidas das conclusões. Na 1. Parte I,. há uma apresentação do problema empírico que orienta o trabalho (estruturas corno A vinda dos meninos e A Destruição da cidade pelos inimigos); faz-se uma síntese de algumas das análises que foram propostas para " dar conta das referidas estruturas; e se estabelece:" o quadro teórico que sustenta a análise que se propoe no decorrer do texto (a Teoria Gerativo-Transformacional). Na Parte II, discute-se, com base em dados do português, a argumentação -- Chomsky (1957) a favor da hipotese lexicalista. Na Parte III tenta-se explicitar uma análise lexicalista das estruturas que orientam a dissertação. Como conclusão, destaca-se a insuficiência dos dados analisados para fundmentar uma opção entre hipóteses conflitantes (lexicalista X transformacionalista)

Abstract: Not informed.
Subject: Lingua portuguesa - Substantivo
Lingua portuguesa - Gramatica gerativa
Lingua portuguesa - Lexicologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1978
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Faraco_CarlosAlberto_M.pdf5.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.