Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270737
Type: TESE
Title: Uma interface fonologia-sintaxe: o uso de "sons preenchedores" da categoria funcional dos determinantes no processo de aquisição de linguagem
Author: Santos, Raquel Santana
Advisor: Scarpa, Ester Mirian, 1947-
Scarpa, Ester Miriam, 1947-
Abstract: Resumo: Este trabalho desenvolve-se na interface fonologia-sintaxe, defendendo que determinados segmentos vocálicos utilizados pelas crianças para garantir o ritmo das sentenças são também preenchedores de categorias funcionais ainda não adquiridas pela criança. De acordo com nossas expectativas, leituras na área confirmaram a existência de análises de outras linguas (inglês, italiano) em que se propõem o uso de "place:'holders"para categorias funcionais livres. Através da análise dos dados foi-nos possível observar que esses segmentos vocálicos (chamados de "filler-sounds" ou "place-holders", segundo se queira enfatizar sua importância fonológica ou gramatical, respectivamente conforme Scarpa 1993a), têm um papel fundamental tanto para a prosódia (em especial para a entonação e o ritmo) como para a gramática. No que diz respeito à prosódia, esses "filler-sounds" têm papel ativo na aquisição dos contornos entonacionais e do ritmo em português. Observou-se que realmente existe um processo de ancoragem na aquisição da linguagem, como defendem Gerken (1994) e Peters & Menn (1993); nossos sujeitos ancoram sua produção fonético para seu trabalho fonológico e sintático em um determinado modelo prosódico e quando essa ancoragem não mais é necessária eles a abandonam. Comprovou-se que o processo de ancoragem dá-se também entre os níveis hierárquicos prosódicos; o trabalho com o nível rítmico só se dá quando nossos sujeitos já dominam o nível hierarquicamente superior (uma hipótese de aquisição "top-down"), podendo inclusive transgredir princípios que regem os níveis inferiores ao que está sendo trabalhado. Na realidade, essa transgressão, se vista sob a ótica maturacional, não existe, pois não se transgride uma lei, um princípio que não se conhece, e como nossos sujeitos ainda não estão lidando com o nível rítmico, podemos dizer que os princípios que o regem ainda não estão em ação, não maturaram. Este trabalho com os diferentes níveis hierárquicos da grade métrica corrobora a visão de Scarpa (1993b) de que não podemos acreditar numa visão primitiva da prosódia, mas que há um trabalho concomitante entre prosódia e sintaxe. Quanto à sintaxe, através do levantamento dos ambientes de ocorrência dos segmentos vocálicos, da análise das repetições e do uso desses segmentos, pretendemos ter mostrado que a consciência gramatical vai sendo adquirida aos poucos, não como um todo. Tendo como base a Teoria da Regência e Ligação, assumindo a categoria funcional dos determinantes (aqui entendidos como artigos definidos) como um sistema, concordamos com a análise de Hyams (1994) de que, enquanto todo o sistema não emerge, algumas características são ancoradas pragmaticamente (como a subespecificação, que pragmaticamente é entendida no sistema dos determinantes da criança como o "já conhecido ou familiar"); no entanto, não assumimos a sua visão continuísta da aquisição, segundo a qual outros sistemas (cognitivo, pragmático) interferirão na fixação paramétrica e no funcionamento dos morfemas. Segundo nosso ponto de vista, a categoria funcional dos determinantes está ancorada pragmaticamente porque seu sistema ainda não emergiu, e não porque depende de fatores pragmáticos para emergir. O fato da categoria funcional dos determinantes ser precedida por proto-morfemas mostra a importância do parâmetro do determinante na gramática do português. O levantamento dos contextos de enunciado em que nossos sujeitos inserem "filler-sounds"/"place-holders" mostrou-nos também que, como afirmam Bottari, Cipriani & Chilosi (1992), os proto-morfemas surgem e desaparecem em diferentes momentos, conforme os morfemas que deverão ser adquiridos

Abstract: Not informed.
Subject: Gramática comparada e geral - Fonologia
Gramática comparada e geral - Sintaxe
Aquisição de linguagem
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1995
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_RaquelSantana_M.pdf22.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.