Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270733
Type: TESE
Title: O desenvolvimento gestual de uma criança ouvinte e outra deficiente auditiva : um estudo contrastivo
Author: Mori, Cristiane Cagnoto
Advisor: Gebara, Ester Mirian Scarpa
Scarpa, Ester Mirian, 1947-
Abstract: Resumo: Este trabalho visa investigar contrastivamente os desenvolvimentos gestuais de uma criança ouvinte e outra deficiente auditiva, ambas filhas de pais ouvintes, e se insere numa abordagem sócio-construtivista de aquisição da linguagem. Foram estabelecidas três submetas a serem cumpridas: a) como se dá a transformação de um movimento em um gesto; b) qual a importância dos gestos e do discurso do outro na determinação deste processo; c) qual a função dos gestos da criança em seu processo de desenvolvimento de linguagem. Para alcançar estes objetivos, foram filmadas uma criança ouvinte (de 08m a 1a 6m) e outra deficiente auditiva (de 1a 3m 21d a 2a 4m 24d), perfazendo um total de 20 coletas com, aproximadamente, 30 minutos de duração cada uma.Foram realizadas dez coletas .com cada um dos sujeitos, mas somente com a criança ouvinte manteve-se inalterado o intervalo de um mês entre elas. Foram registrados momentos de interação entre a mãe ou um outro membro do respectivo círculo familiar e cada uma das crianças. Tendo em vista que se visava investigar o processo pelo qual as crianças desenvolveriam seus sistemas gestuais, o método de análise adotado foi o longitudinal observacional. Quanto ao sujeito ouvinte, a análise dos dados mostrou que, inicialmente, a criança apresenta movimentos generalizados que, após serem recortados e interpretados pelo discurso, do outro, transformam-se em gestos, indicativo, demonstrativo e representativo. Após passarem por variadas formas, os gestos se estabilizam e passam, a partir da interpretação adulta, a desempenhar diferentes funções e a participar do processo de constituição da contraparte oral da linguagem. Quanto ao sujeito deficiente auditivo, constatou-se que os interlocutores se utilizam de recursos comunicativos e demonstrativos visando obter, respectivamente, a ação e a atenção infantis. Os gestos indicativo, demonstrativo e representativo integram o repertório gestual desta criança e são concatenados entre si por ela, e pelos seus interlocutores, o que determina a construção de uma sintaxe gestual e demonstra que esta díade está privilegiando esta modalidade em suas interações, enquanto a oralidade fica circunscrita àqueles episódios originados em atendimentos fonoterápicos

Abstract: Not informed.
Subject: Aquisição de linguagem
Gestos
Deficientes auditivos
Comunicação não-verbal nas crianças
Crianças deficientes auditivas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1994
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mori_CristianeCagnoto_M.pdf6.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.