Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270649
Type: TESE
Title: Aquisição de contrastes entre obstruintes coronais em crianças com padrões fonicos não esperados para sua faixa etaria
Title Alternative: Coronal obstruent contrast acquisition in children with sound patterns unexpected for their age
Author: Freitas, Maria Claudia Camargo de, 1980-
Advisor: Albano, Eleonora Cavalcante, 1950-
Abstract: Resumo: Durante o processo de estabelecimento de contrastes fônicos, as crianças experienciam diferentes formas de marcar distinções entre os sons em aquisição até apresentar os contrastes considerados padrão na língua. Em algumas crianças, entretanto, esse processo se diferencia do observado na maioria dos seus pares etários. Abordagens mais tradicionais tratam essa diferenciação como decorrente de alterações na estrutura e/ou funcionamento do aparelho fonador. Para refutar essa visão, surgiram estudos baseados em teorias lingüísticas, sobretudo, em modelos lineares e não lineares em fonologia. Apesar de proporcionarem um grande avanço no entendimento do funcionamento lingüístico dessas crianças, esses estudos, por serem direcionados por unidades de análise estáticas, deixam de lado algumas tentativas das crianças de marcar um determinado contraste fônico. O objetivo deste trabalho foi caracterizar aspectos sincrônicos e diacrônicos do processo de estabelecimento de contrastes fônicos em crianças com padrões não mais esperados para sua faixa etária, enfocando a gradiência e a natureza dinâmica de tal processo. Para tanto, direcionados pelos princípios da Fonologia Acústico-Articulatória (ALBANO, 2001a), realizamos um estudo longitudinal com duas crianças: KSO e RCA. Em KSO observamos o estabelecimento de contraste entre as fricativas e plosivas coronais surdas e em RCA o estabelecimento de contraste entre as fricativas coronais surdas alveolar e palatal. Cada criança foi gravada separadamente, em uma sala acusticamente tratada, por meio de equipamento digital de alta fidelidade. O corpus foi composto por palavras dissílabas paroxítonas, nas quais os sons obstruintes coronais apareciam em posição de inicial de palavra seguidos, preferencialmente, das vogais [a], [i] e [u]. Para obter o registro das palavras do corpus, as mesmas foram inseridas na frase-veículo ¿fala ¿ palavra ¿ de novo¿. Foi realizada análise acústica dos dados, direcionada por diferentes parâmetros, a saber: duração, pico espectral, transição formântica, centróide, variância, assimetria e curtose. A caracterização e quantificação desses achados foram possibilitadas pelo tratamento estatístico, direcionado pelo teste T, pela ANOVA de medidas repetidas e pelo teste Post-hoc de Scheffé. Os achados desta dissertação ¿ contrastes encobertos, produções gradientes, não-linearidade, hesitações e coexistência de diferentes tentativas de marcar uma distinção fônica ¿ nos permitiram valorizar os processos aquisicionais em curso e, sobretudo, apreender características da relação criança/língua. Permitiram, ainda, levantar hipóteses, à luz da Fonologia Acústico-Articulatória, de deslizamentos temporais e/ou variações da magnitude de determinados gestos nas diferentes tentativas das crianças em marcar o contraste fônico em aquisição

Abstract: During the sound contrast construction process, children not only experience different forms of dealing with distinctions among the sounds being acquired, but also present contrasts different from the adult standards. However, in some children this process is different from the one observed in the majority of their age peers. More traditional approaches treat this difference as the result of an alteration in the structure and/or functioning of the vocal tract. In order to refute this point of view, there emerged other studies based on linguistic theories, mainly on linear and non-linear phonological models. Despite providing a great advance towards understanding the linguistic functioning of these children, such studies, inasmuch as their analysis units are discrete, leave aside some of the children¿s attempts to deal with a given sound contrast. At any rate, we depart from the hypothesis that the children¿s endeavour to acquire a sound contrast encompasses both categorical productions ¿ which correspond to the extreme values of a classificatory parameter ¿ and gradient productions ¿ which correspond to intermediate values of the same parameter. By means of a longitudinal study, two children with sound patterns unexpected for their age range were observed. With one of them, the focus was the contrast between the voiceless coronal fricatives and voiceless coronal stops; and, with the other, the focus was the contrast between alveolar and palatal voiceless coronal fricatives. The acoustic analysis included several parameters, namely: duration, spectral peak, formant transition, centroid, variance, skewness, and kurtosis. Statistical techniques, were used to characterize and quantify these data, namely: T-test, repeated measures ANOVA and Scheffé post-hoc test. The findings of this thesis ¿ namely: covert contrast, gradient productions, non-linearity, hesitations and coexistence of different attempts of marking a sound contrast ¿ have allowed us to bring out the acquisition dynamics, besides getting some insight into the relationship between the child and the language under construction
Subject: Fonética
Fonologia
Aquisição fonológica
Análise acústica
Desvio fonologico
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Freitas_MariaClaudiaCamargode_M.pdf3.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.