Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270626
Type: TESE
Title: O lugar da linguagem escrita na afasiologia : implicações e perspectivas para a neurolinguistica
Author: Santana, Ana Paula de Oliveira
Advisor: Morato, Edwiges Maria, 1961-
Abstract: Resumo: Nesta Dissertação procedi a uma revisão histórica do estudo da linguagem escrita na Afasiologia, tomando como posto de observação uma Neurolingüística instanciada discursivamente. Ao verificar que a escrita e a leitura de sujeitos afásicos eram e ainda são, tratadas a partir de uma ótica cognitivista e/ou estritamente gramatical, procurei apontar as implicações da adoção de uma perspectiva discursiva para esse campo de estudo. Com isso, pude perceber que, quando se estabelecem relações (lingüísticas, discursivas, culturais e cognitivas) entre oralidade e escrita, estas duas modalidades da linguagem apresentam mais semelhanças que diferenças entre si. Considerar um continuum entre ambas, a partir de semelhançase diferenças formais e discursivas, implica mudanças significativasno modo de entender o fenômeno afásico. Observei também que as práticas de escrita e leitura realizadas pelo sujeito afásico, quando analisadas por uma perspectiva discursiva, acabam por explicitar as (antigas e novas) relações que se estabelecem entre o sujeito, sua linguagem, seus interlocutores e suas ações sociais. Ao discutir questões como essas, levei em conta dados lingüísticos de sujeitos que freqüentam o Centro de Convivência de Afásicos (CCA -IEL/UNICAMP)

Abstract: In this work I proceed to a historical review of study of written language in Aphasiology, from a discourse-based perspective. I have observed that the writing and reading practices of aphasic sujects were, and still are, treated in a cognitivist and strictly grammatical model. I have perceived that, when linguistic, cultural, cognitive and discourse-based relations between orality and writing are established, these two modalities of language present more similarities than differences.To consider a continuum between both, from the point of view of formal and discoursive-based similarities and differences, implies significant changes in the way of understanding the aphasic phenomenon. I have also observed that the practice of writing by aphasic subjects, when analyzed from the stance of the neurolinguistics of discoursive, can be made to reveal old and new relations that are established between the subject, his/her language, his/her interlocutors and his/her social action. When discussing questions such as these, I take into account linguistic subjects that the attend the Centro de Convivência de Afásicos (CCA- IEL/UNICAMP)
Subject: Afasia
Leitura
Escrita
Neurolinguística
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santana_AnaPauladeOliveira_M.pdf4.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.