Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270623
Type: TESE
Title: A interpretação de piadas por afasicos : aspectos linguisticos e socio-cognitivos
Title Alternative: The interpretation of jokes by afhasics : linguistics and socio-cognitivism aspects
Author: Donzeli, Camila Polon
Advisor: Morato, Edwiges Maria, 1961-
Abstract: Resumo: Este estudo explora precisamente aspectos lingüístico-pragmáticos da manipulação enunciativa de piadas, assinalando sua importância para os estudos neurolingüísticos, em especial aqueles que se encontram ancorados numa perspectiva interacionista ou sócio-cognitiva dessa relação. O que se propõe no presente estudo é aprofundar a consideração de que o problema da afasia não pode ser reduzido a uma questão lingüística (stricto sensu), nem a de que o componente ¿meta¿, importante para as ações reflexivas dos sujeitos, reduz-se à ordem cognitiva; por isso, a competência relativamente à linguagem (à qual se vinculam processos meta de várias ordens: lingüística, enunciativa, pragmática, discursiva) não estaria necessariamente destruída nas afasias. Neste trabalho foram analisados dados lingüísticos de 5 sujeitos não-afásicos (grupo controle) e 5 sujeitos afásicos que freqüentam o Centro de Convivência de Afásicos (CCA), que é situado no Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP. Através de entrevistas individuais, foi solicitado aos sujeitos que, após ouvir as piadas, explicassem ou comentassem seus efeitos de humor. Para a coleta de dados, elaborou-se um Protocolo de Estudos de Piadas com base na relevância de determinado nível lingüístico. Contudo, cumpre ressaltar que uma concepção enunciativa de língua pressupõe a mobilização de processos pragmáticos, contextuais, discursivos. Nesse sentido, ainda que determinados mecanismos léxico-sintático-semânticos fiquem em evidência, todo enunciado chistoso é da natureza dos fenômenos pragmáticos, intersubjetivos, sócio-culturais. A partir da aplicação do Protocolo, observou-se a presença de processos meta relativamente à linguagem (lingüísticos, enunciativos, pragmáticos, discursivos), pois os sujeitos, na interpretação e manipulação das piadas, questionaram e reformularam o texto original, ou seja, produziram comentários, reformulações, recontagens, inserções (pedido de esclarecimentos ou exemplificações), paráfrases; além de terem reconhecido pré-construídos, pressupostos e/ou implícitos culturais envolvidos nas piadas, realizaram ajustes enunciativos sobre os sentidos veiculados, leis conversacionais e regras de etiqueta. Relevante, também, para análise dos dados foi observar diferentes aspectos do ponto de vista da construção e mesmo da explicitação do sentido: a interpretação; a explicação; os marcadores conversacionais; a presença de processos semiológicos co-ocorrentes, como o contexto, o gesto, a melodia etc.; e o riso. Tendo em vista os dados obtidos na pesquisa, ressalta-se que as piadas se constituem, bem como outros fenômenos de ordem meta-enunciativa, em um interessante expediente para a análise da competência pragmático-textual dos sujeitos para produzir e interpretar linguagem. Observou-se essa competência através de manobras lingüísticas e sócio-cognitivas realizadas pelos sujeitos na busca ou na mobilização lingüístico-cognitiva da significação, do conhecimento enciclopédico, da memória cultural e discursiva, de um savoir-faire específico. Com isso, entende-se essa competência como uma espécie de conhecimento sócio-cognitivo dos objetos e estados de coisa no mundo que se constitui e se revela enunciativamente no decorrer das ações dos sujeitos

Abstract: This study explores linguistic-pragmatic aspects of the enunciative manipulation of jokes, designating its importance for the neurolinguistics studies, in special those that were find anchored in an interacionist perspective. What is consider in the present study is to deepen the consideration that the problem of the aphasia cannot be reduced to a linguistic question (stricto sensu), nor of that the component ¿meta¿, important for the reflexives actions of the individuals, reduce to the cognitive order; therefore, the competence relatively to the language (which is connect to ¿meta¿ processes of some orders: linguistics, enunciative, pragmatic, discursive) necessarily would not be destroyed in the aphasias. In this work it had been analyzed linguistic data of 5 not-aphasics individuals (control group) and 5 aphasics individuals that frequent the ¿Centro de Convivência de Afásicos¿ (CCA), that is situated in the Institute of Studies of the Language (IEL/UNICAMP), by individual interviews. The proposal presented was that after hearing the joke, the individuals were requested to explained or commented the jokes. For the collection of data, a Protocol of Studies of Jokes was elaborated on the basis of the relevance of determined linguistic level. However, it fulfills to stand out that an enunciative conception of language estimates the mobilization of pragmatic processes, contextual, discursives. In this direction, despite lexic-syntactic-semantic mechanisms are in evidences, all jokes are a pragmatic, intersubjetive, sociocultural phenomena. From the application of the Protocol, it was observed the presence of ¿meta¿ processes relatively to the language (linguistic, enunciative, pragmatic, discursives), therefore the individuals, in the interpretation and manipulation of the jokes, had questioned and reformulated the original text, that is, had produced commentaries, reformularizations, recount, insertions (asked for of clarifications or exemplifications), paraphrase; beyond having recognized pre-constructed and/or implicit cultural involved in the jokes, carrying through enunciative adjustments about conversational laws and label rules. Also relevant, for data analysis it was to observe different aspects of the construction and explicitation of the sense: the interpretation, the explanation; the conversational markers; the presence of co-ocorrentes semiologics processes (as the context, the gesture, the melody) and the laugh. With the data in the research, it was observe that the jokes are constitute, as well as other phenomena of meta-enunciative order, in an interesting expedient for the analysis of the pragmatic-textual competence of the individuals to produce and to interpret language. This competence through linguistic and socio-cognitives abilities carried through by the individuals in the search or in the linguistic-cognitive mobilization of the signification, the enciclopedic knowledge, the cultural and discursive memory, one specific savoir-faire. With this, the competence is understand as a socio-cognitive knowledge of objects and states of thing in the world that it constitutes and it reveals enunciatively in elapsing of the individuals actions
Subject: Neurolinguística
Afasia
Sociocognitivismo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Donzeli_CamilaPolon_M.pdf858.85 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.