Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270618
Type: TESE
Title: Repetições hesitativas em fala afásica e não-afásica
Title Alternative: Hesitational repetitions in aphasic and nonaphasic speech
Author: Viscardi, Janaisa M., 1980-
Advisor: Morato, Edwiges Maria, 1961-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo central analisar os parâmetros prosódicos que permeiam a atividade da repetição hesitativa na produção de frases nominais e preposicionais, em contexto de fala afásica e não-afásica. Entre os aspectos de maior relevância para as análises realizadas neste trabalho, estão 1) a relação entre os movimentos de retração e projeção, como descritos em Auer (2009), no decorrer da produção da repetição hesitativa; 2) a relação entre os elementos prosódicos produzidos ao longo da repetição hesitativa, a saber, a frequência fundamental, a duração e a intensidade e, por fim, 3) a co-ocorrência entre os aspectos prosódicos e os movimentos de retração e projeção durante a produção da repetição hesitativa. Nesta pesquisa, os dados analisados foram extraídos do corpus Aphasiacervus, um acervo que reúne dados linguístico-interacionais registrados audiovisualmente dos encontros semanais ocorridos no Centro de Convivência de Afásicos, na UNICAMP. O interesse pelo estudo comparativo dos casos de repetição hesitativa se configura pela presença de especificidades linguísticas na produção das repetições hesitativas na fala afásica e não-afásica. Da comparação entre casos afásicos e não-afásicos, foi possível identificar as semelhanças e diferenças na realização dessas repetições. Entre as semelhanças, destacam-se 1) o alongamento vocálico associado ao movimento de curva entoacional descendente na caracterização da repetição hesitativa, 2) a presença dos mesmos movimentos de retração simples e múltipla em ambos os grupos e 3) uma maior similaridade das características prosódicas dos dois grupos nos casos de retração múltipla. Entre as diferenças mais importantes, destacam-se 1) a distribuição da ocorrência das retrações simples e múltiplas - afásicos produzem um número significativamente maior de retrações múltiplas -, 2) pausas significativamente mais longas nas sequências de retração simples em fala afásica, além de maior ocorrência da sequência M (P) R1 P na fala afásica; 3) a extensão das características hesitativas da produção ao longo de toda a estrutura M R1 Rx na fala afásica, enquanto na fala não-afásica essas características se encerram na penúltima repetição. A escolha pelos parâmetros apontados anteriormente se deu com o intuito de compreender os processos envolvidos na ocorrência dessas formas de repetição, o que poderá levar a uma melhor compreensão dos mecanismos empregados pelos sujeitos afásicos para se manterem atuantes na interação, além de permitir identificar a maior ou menor relevância de determinados recursos linguísticos em ambientes específicos de produção, como no caso das repetições hesitativas

Abstract: This thesis analyzes the prosodic parameters that underlie the activity of hesitational repetitions in the production of nominal and prepositional phrases by aphasic and nonaphasic speakers. The most relevant aspects of the analysis are 1) the relationship between the movements of retraction and projection, as described in Auer (2009a), during the production of hesitational repetitions, 2) the relationship between the prosodic parameters, namely, fundamental frequency, duration and intensity, and finally, 3) the cooccurrence between the prosodic parameters and the movements of retraction and projection during the production of hesitational repetitions. Among the similarities between the two groups analyzed are a) vowel lengthening associated with the downward intonation curve in the characterization of the hesitational repetitions, 2) the occurrence of the same retraction movements in both aphasics and nonaphasics and 3) a greater similarity of prosodic features in the two groups in cases of multiple retraction. Among the most important differences are 1) the distribution of single and multiple retractions - aphasics produce a significantly greater number of multiple retractions - and 2) the extent of the features of hesitation throughout the structure M R1 Rx in aphasic speech. This study promotes a better understanding of the use of prosodic features by aphasic subjects in order to keep their participation in the interaction, besides assigning the relevance of certain linguistic parameters in specific production environments, as in the case of hesitational repetitions
Subject: Repetição (Linguística)
Hesitação (Linguística)
Interação
Prosódia (Linguística)
Afasia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Viscardi_JanaisaM._D.pdf3.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.