Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270593
Type: TESE
Title: Igreja Universal do Reino de Deus : uma analise de argumentação em perspectiva discursiva
Author: Oliveira, Sheila Elias de, 1972-
Advisor: Guimarães, Eduardo, 1948-
Guimarães, Eduardo Roberto Junqueira, 1948-
Abstract: Resumo: Este trabalho consiste em uma análise da argumentação dos pastores da Igreja Universal do Reino de Deus em dois programas de TV exibidos pela Rede Record ¿ O Santo Culto em seu Lar, que traz como tema 'ser cristão', e Palavra de Vida, com o tema 'prosperidade'. Nosso ponto de vista teórico é o da Semântica Histórica da Enunciação, tal como a apresenta Eduardo Guimarães. Essa perspectiva, que se filia à Escola de Análise de Discurso Francesa, preconiza que os sentidos de uma enunciação são constituídos em lugares de significação historicamente construídos - os discursos. A partir da consideracão do histórico como constitutivo dos sentidos, o dizer é analisado em dois níveis - o de sua constituição, que é o espaço interdiscursivo, e o de sua formulação, aquele em que o sujeito verbaliza os seus sentidos. A argumentação, que se dá no espaço da formulação textual, é efeito da relação de discursos; as intenções do sujeito falante ao argumentar se constituem a partir de sua memória histórica, dos lugares de significação discursivos que ele ocupa necessariamente, ainda que de forma inconsciente. Para nós, portanto, argumentar não é persuadir ou convencrr; argumentar é direcionar o dizer, unificar a interpretação, em gestos que produzem o efeito de que o que foi dito: 1) só poderia ter sido formulado daquela maneira e 2) se origina no indivíduo, e não como processo histórico de significação. Em nosso corpus, identificamos um procedimento semântico de construção da argumentação - o mecanismo definitório, realizado por meio de predicados. Os pastores definem (e, ao definir, constróem como referentes) alguns conceitos-chave na argumentação da Igreja Universal, tais como os de 'Deus', 'diabo', 'cristão carnal', 'cristão verdadeiro', 'prosperidade', etc. As definições são formuladas por dois tipos de predicados, que classificamos a partir de seu funcionamento enunciativo: os predicados parafrásticos e os exegéticos. Os predicados parafrásticos fazem ressoar os sentidos uns dos outros e/ou dos referentes que constróem; os exegéticos dão visibilidade social a esses referentes. Juntos, os predicados vão-se articulando em argumentos e conclusões, formando uma teia argumentativa. Na análise intertextual entre os dois programas, observamos que os referentes assumem novos sentidos, de acordo com as condições de produção de cada um dos programas. O Santo Culto em seu Lar é gravado a partir de um culto na sede nacional da Igreja Universal; Palavra de Vida é feito para TV e exibido ao vivo. Essa diferença marca uma mudança nos sujeitos interlocutores dos pastores - no primeiro programa, já fiéis; no segundo, primordialmente fiéis potenciais. A partir dessa alteração, os objetivos dos programas são diferenciados e os sentidos dos referentes que contróem a argumentação são outros. Em cada um dos programas e entre um e outro, identificamos contradições argumentativas. O direcionamento do sentido se dá a partir das fundações discursivas majoritárias - os discursos capitalista e liberal. As contradições são um indício de que a argumentação não garante a persuasão, uma vez que a Universal, a Igreja evangélica que mais cresce no Brasil, se sustenta em um dizer contraditório

Abstract: This dissertation consists of an analysis of the argumentation of the priests of the Universal Church ofthe Kingdom ofGod in two programs shown at Record TV: Network - The Holy Service in your Home, whose subject is 'being a Christian', and Word of life, whose subject is prosperity. Our theorical viewpoint is the one of the Historical Semantics of the Utterance Act, as it is presented by Eduardo Guimarães. This approach which is affiliated to the French School ofDiscourse Analysis takes the meaning of an utterance act as constituted in historically-built places - the discourses. With the consideration of history as constituent of meaning, speech is analysed on two levels - the one of its constitution, which is called interdiscourse, and the one of its formulation, that on which the subject verbalizes his mearungs. Argumentation, which takes place on the level of formulation, is an effect of the relation between discourses; the intentions of the subject when arguing are constituted in his historical memory, in positions of meaning that he necessarily takes, although uncounsciously. Thus in our perspective arguing is not persuading or convincing someone; it is the direction of speech, the unification of interpretation in gestures that produce the effect that what was said: 1) could only have been formulated in that way, and 2) was originated in the individual, and not as a historical process of meaning. In our corpus we identified a semantic procedure in the building of argumentation a mechanism of definition which is carried out through predication. The priests define (and by defining they build as referents) some key-concepts in the argumentation of the Universal Church, such as 'God', 'devil', 'carnal Christian', 'true Christian', 'prosperity', etc. The definitions are formulated by means of two kinds of predicates: paraphrastic and exegetic. Paraphrastic predicates resound with the meanings of each other and/or of the referents they build. Exegetic predicates give social visibility to these referents. Together both kinds of predicates work as arguments and conclusions, making an argumentative web.In the intertextual analysis between the two programs we observed that the referents take new meanings according to the conditions of production of each of the programs. The Holy Service in your Home is recorded in a service in the national headquarters of the Universal Church; Word oi Life is made for TV exhibition and is shown live. This difference brings a change in the interlocutors of the priests - in the first program, they are the congregation of the church; in the second, they are a potential congregation. With this change the aims of the programs are also different and the referents which build argumentation mean differently. On each program and between the two of them we identified contradictions in the argumentation. The directing of meaning is set off in basically two places of meaning constitution - capitalist and liberal discourses. The contradictions are an indication that argumentation does not assure persuasion, since The Universal Church, the evangelic religion which grows fastest in Brazil, is founded upon a contradictory speech
Subject: Semântica
Análise do discurso
Parafrase
Predicado (Lógica)
Definição (Lógica)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_SheilaEliasde_M.pdf3.43 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.