Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270585
Type: TESE
Title: Toponimos mineiros e o processo de ocupação, exploração, formação do Estado Nacional
Title Alternative: Toponyms in the State of Minas Gerais and the settling down process/arising of the nation
Author: Souza, Jocyare Cristina Pereira de
Advisor: Guimarães, Eduardo, 1948-
Guimarães, Eduardo Roberto Junqueira, 1948-
Abstract: Resumo: Este trabalho apresenta, considerando a perspectiva teórica da Semântica do Acontecimento de Eduardo Guimarães, os efeitos de sentido da nomeação tomada como um fenômeno histórico. Propõe, assim, uma análise do processo constitutivo que marca o espaço de enunciação das designações das cidades históricas mineiras que surgiram no Ciclo do Ouro, enfocando o acontecimento enunciativo em sua historicidade. Há, dentro dessa perspectiva, uma relação da língua com um falante que se apresenta como sujeito político e social da enunciação. Assim, ao decidir trabalhar o processo onomástico dos topônimos mineiros que surgiram durante o 'ciclo do ouro' em Minas Gerais, construindo um dispositivo teórico-metodológico fundamentado na Semântica do Acontecimento, procuramos compreender o processo designativo revelado por uma história que buscamos ler e interpretar, não de qualquer lugar, como um simples relato factual, mas como um processo discursivo, cuja interpretação se deu a partir da construção do próprio corpus (topônimos mineiros que surgiram durante o 'ciclo do ouro' em Minas Gerais) que traz em sua essência princípios fundamentais: a história que, sendo memória, constitui os sujeitos e as línguas no acontecimento de linguagem; o saber e o político que se constituem marcas de um tempo em que os nomes se revelam como processo de uma narrativa que é, antes de tudo, uma prática política em que a construção do espaço enunciativo se dá pelo confronto de sujeitos, saberes, políticas, identidades, silenciamentos, esquecimentos.

Abstract:The political praxis that legitimates itself though enunciations and language events. It proposes therefore, an analysis of the constitutive process that marks the area where the enunciation of the designations of the historical cities of Minas Gerais, that arose during the Gold Cycle, took place while focusing it in its historical aspect. In this perspective there is a relationship between the language and a speaker that presents itself as a political and social subject of the enunciation. Thus, when we decided to work with the onomastic process of the toponyms that arouse during the gold cycle in the state of Minas Gerais, wile constructing a methodological - theoretical device based on the "Semantics of the Event", we have attempted to comprehend the designation process revealed by a history that we tried to read and interpret, not as a mere factual report, but as a discursive process, where interpretation started from its own corpus (toponyms in the state of Minas Gerais that arose during the gold cycle) that bears in its essence, fundamental principles: history that, existing as a memory constitutes the subject and the languages in the language event; the knowledge and the political that become signs of a period of time where the names reveal themselves as a process of a narrative, that is, above all, a political 'praxis where the construction of the enunciative space takes place by the confrontation of the subjects, knowledges, politics, identities, silences, oblivions.
Subject: Semantica do acontecimento
Designação (Lingüística)
Brasil - História - Período colonial, 1500-1822
Ciclo do ouro
Toponímia - Minas Gerais (Estado)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_JocyareCristinaPereirade_D.pdf2.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.