Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270538
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: A linguística entre os nomes da linguagem : uma reflexão na historia das idéias linguísticas no Brasil
Title Alternative: The linguistics between the names of the language : a reflexion on the history of linguistics ideas in Brazil
Author: Ferreira, Ana Cláudia Fernandes, 1973-
Advisor: Castellanos Pfeiffer, Cláudia Regina, 1970-
Abstract: Resumo: Esta tese, inscrita na área da História das Idéias Lingüísticas no Brasil - HIL, elabora um estudo sobre os percursos de sentido do nome lingüística, ao lado de outros nomes da linguagem, no processo de constituição da Lingüística na Unicamp. Este estudo se faz através de uma reflexão sobre as condições históricas gerais e específicas do processo de institucionalização/significação destes nomes de saber nesse espaço universitário. No batimento entre teoria e análise, esta reflexão se faz pela construção de um arquivo de leitura (PÊCHEUX) de obras a que me filio na área HIL, através da mobilização de conceitos e dispositivos teóricos e analíticos da análise de discurso e de dispositivos analíticos da semântica da enunciação. Ao lado disso, a construção deste arquivo de leitura envolve, como material de análise, projetos e programas de curso, catálogos, ofícios sobre a constituição da lingüística na Unicamp, além de publicações diversificadas e materiais disponíveis na internet sobre a história da lingüística no Brasil e no exterior. Deste modo, no interior deste lugar de reflexão e análise, este trabalho objetiva apresentar algumas compreensões (ORLANDI) sobre as divisões, tensões e contradições produzidas em torno da palavra lingüística, nas condições de produção de sua institucionalização no Brasil, como nome de curso de graduação e de pós-graduação na Unicamp, já na década de 1970. Mais especificamente, este estudo busca mostrar como a palavra lingüística vai sendo significada enquanto um nome que se (re)divide, (re)designa e (re)significa em relação a outros nomes, tais como: ciência da linguagem, ciências da linguagem e estudos da linguagem. Nome de curso, que se institucionalizou na Unicamp sob uma forte demanda pela cientificidade, conjugada indissociavelmente ao argumento da pluri/interdisciplinaridade e que, em relação a outros nomes de linguagem (fonética, fonologia, gramática, semântica, pragmática, análise do discurso, sociolingüística, psicolingüística, neurolingüística, teoria literária, etc.) os (re)dividem, os (re)designam e os (re)significam, numa relação tensa, contraditória e constitutiva, enquanto disciplinas da lingüística, disciplinas relacionadas à lingüística e disciplinas em oposição à lingüística. Estas reflexões sobre as relações entre o nome lingüística e outros nomes de linguagem, inclui, também, nomes de autores e de Instituições, sem deixar de considerar as relações constitutivas entre as políticas do Estado, das Instituições e dos saberes. Desta maneira, focalizando o processo de constituição da lingüística num espaço institucional específico, o da Unicamp, este trabalho pretende contribuir para os estudos de História das Idéias Lingüísticas no Brasil e do Brasil

Abstract: This thesis, which belongs to the area of History of Linguistic Ideas in Brazil (HIL), is a study of the historical path of the meaning of the term linguistics, as it relates to other terms connected with the studies of language, in the process of the institutionalization of linguistics at Unicamp (State University of Campinas. São Paulo State, Brazil). The study is a reflection on the general and specific historical conditions of the process of institutionalization/signification of these terms of knowledge in a particular university space. At the intersection of theory and analysis, this reflection has been done through the construction of a reading archive (PÊCHEUX) of works associated with the area of HIL, and by means of the use of the theoretical and analytical tools and concepts of discourse analysis, and of the analytical tools of the semantics of enunciation. In addition, the construction of this reading archive involves, as material for analysis, course programs, catalogs, and official documents related to the institutionalization of linguistics at Unicamp, as well as diverse publications and material available on the internet regarding the history of linguistics in Brazil and abroad. Within the limits of this area of reflection and analysis, this work aims to present certain understandings (ORLANDI) of the divisions, tensions, and contradictions surrounding the word linguistics, in the conditions of the production of its institutionalization in Brazil as the name of an undergraduate and graduate course at Unicamp since the 1970s. More specifically, this study seeks to show how the word linguistics came to be signified as a term which (re)divides, (re)designates, and (re)signifies in relation to other terms such as science of language, sciences of language, and studies of language. Linguistics is the name of a course of study which was institutionalized at Unicamp in the context of a strong demand for scientificality, and connected indissolubly with the notion of pluri/interdisciplinarity. As such, in its relation to other terms related to the studies of language (phonetics, phonology, grammar, semantics, pragmatics, discourse analysis, sociolinguistics, psycholinguistics, neurolinguistics, literary theory, etc.), it (re)divides, (re)designs, and (re)signifies them, in a tense, contradictory, and constitutive relationship, as disciplines of linguistics, disciplines related to linguistics, and disciplines in opposition to linguistics. These reflections on the relation of the term linguistics to other terms related to language include as well the names of authors and institutions, without leaving aside considerations of the constitutive relations between state policies, institutions, and knowledge. In this way, focusing on the process of the institutionalization of linguistics in a specific institutional space (Unicamp), this works seeks to contribute to the study of the History of Linguistic Ideas in Brazil
Subject: Linguística - História
Ciência - História
Instituições e sociedades cientificas
Significação (Filosofia)
Nomes
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ferreira_AnaClaudiaFernandes_D.pdf1.6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.