Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270534
Type: TESE
Title: Grão-Pará e Maranhão em tempo de graça : memórias, transferências e resistência nos processos constitutivos de identificação de um sujeito brasileiro = Grão-Pará and Maranhão in time of grace: memories, transfers and resistance in the constitutive process of identification of a Brazilian subject
Title Alternative: Grão-Pará and Maranhão in time of grace: memories, transfers and resistance in the constitutive process of identification of a Brazilian subject
Author: Godoi, Gileade, 1971-
Advisor: Pfeiffer, Cláudia Regina Castellanos, 1970-
Abstract: Resumo: Os documentos da inquisição são ricas fontes para compreendermos e analisarmos a sociedade em uma época dada. No Brasil, as Visitações do Santo Ofício ao longo dos séculos produziram um farto material que nos ajudam a compreender a constituição dos processos de identificação de um sujeito brasileiro, especialmente no que tange à religiosidade. A partir do lugar teórico da Análise de Discurso de linha francesa (Pêcheux), analisamos a última visitação do Santo Ofício ao Brasil, ocorrida aos Estados do Grão-Pará e Maranhão. A partir dos conceitos de lugar e posição, memória, redes de memória e transferência foi possível compreendermos os percursos de sentidos, silenciamentos e resistências que culminaram em uma religiosidade sincrética, identificadora de nossa sociedade. Práticas de curas, rezas para conquistas amorosas, adivinhações e histórias com acontecimentos fantásticos trilharam caminhos que foram da naturalização à demonização e desta ao reconhecimento de suas virtudes através de processos de ressalva, trabalhada aqui como lugar de argumentação e de transferência de memória, lugar de resistência e sobrevivência que possibilitou a manutenção da ritualística pagã através de sua inscrição em ritos católicos e da inscrição do discurso católico na ritualística pagã. Pontos de fuga para a pecha de herege; pontos de reinscrição no lugar considerado pela Igreja como cristão. E a sociedade brasileira se forma e se constitui na resistência e na transformação de memórias intercontinentais

Abstract: The documents of the Inquisition are rich sources for understanding and analyzing societies in a specific time. In Brazil, visitations of the Santo Ofício over the centuries have produced a wealth of material that helps us understand the formation of the Brazilian national identification process, especially in regard to religion. From the theoretical point of the French Discourse Analysis (Pecheux), we analyzed the last visitation of the Santo Ofício in Brazil to the states of Grão Pará and Maranhão. Considering the concepts of place and position, memory, memory network and transfer, it was possible to understand the pathways of the senses, silencing and resistance that culminated in the syncretic religion that identifies our society. Healing practices, prayers for love affair purposes, fortune-telling and stories with fantastic events that range from naturalization to demonization and to the recognition of its virtues through the process of qualification, which is seen in this study as a place of reasoning and memory transfer, a place of resistance and survival that allowed the maintenance of pagan rituals through their involvement in Christian rites and the inclusion of Christian discourse in pagan rituals. Points of scape from the heretic failure; re-submission to Christian/Roman Catholic condition. And the Brazilian society is formed in the resistance and transformation of intercontinental memories
Subject: Inquisição
Censura
Memória
Identidade
Discurso
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Godoi_Gileade_D.pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.