Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270434
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.descriptionOrientador: Antonio Carlos Quicolipt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanaspt_BR
dc.format.extent[142]f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.typeDISSERTAÇÃOpt_BR
dc.titleInterrogação e relativização em portuguespt_BR
dc.contributor.authorMaia, Vera Lucia Medeirospt_BR
dc.contributor.advisorQuicoli, Antonio Carlospt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Instituto de Estudos da Linguagempt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Instituto de Filosofia e Ciências Humanaspt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Linguísticapt_BR
dc.subjectLíngua portuguesa - Gramáticapt_BR
dc.subjectLinguísticapt_BR
dc.description.abstractResumo: Análise das sentenças interrogativas e relativas do Português como derivadas por uma regra transformacional de movimento de NP, centro de esquema teórico da gramática gerativa-transformacional, na forma esboçada por Chomsky (1965). No primeiro capítulo passam-se em revista propostas de análise de interrogativas e relativas feitas para o inglês: Chomsky (1957 e 1965), Katz e Postal (1964), Jacobs e Rosenbaum (1968) e J. Bresnan (1970), das quais se retiram elementos considerados relevantes para a sistematização dos fatos em Português. No segundo capítulo toma-se como ponto de referência o trabalho de Ross (1967) e discute-se a sua posição de que o Princípio de A sobre A - proposto por Chomsky (1964) - deve ser substituído por outros princípios menos restritivos. Conclui-se por não abandonar o A sobre A, pelo menos em dois casos: o que justifica a proposta da Restrição do NP Complexo e o que justifica a adoção da Convenção "Pied Piping". Esta última, entretanto, mostrou ser um mecanismo que não em substituição ao A sobre A, mas juntamente com ele, deve ser incorporado à gramática do Português.pt
dc.description.abstractAbstract: Not informeden
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued1975pt_BR
dc.identifier.citationMAIA, Vera Lucia Medeiros. Interrogação e relativização em portugues. 1975. [142]f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/270434>. Acesso em: 15 jul. 2018.pt_BR
dc.description.degreelevelMestradopt_BR
dc.description.degreenameMestre em Linguísticapt_BR
dc.date.available2018-07-15T22:33:59Z-
dc.date.accessioned2018-07-15T22:33:59Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-07-15T22:33:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Maia_VeraLuciaMedeiros_M.pdf: 4589330 bytes, checksum: 6327167e80be49bf3e5fa5ddc39eaf14 (MD5) Previous issue date: 1975en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270434-
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Maia_VeraLuciaMedeiros_M.pdf4.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.