Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270424
Type: TESE
Title: As dimensões contextuais das práticas de linguagem e os processos de elaboração do conhecimento sobre gêneros midiáticos de jovens universitários
Title Alternative: The contextual dimensions of language practice and the process of construction of media genreknoelodge of graduated students
Author: Rio, Vívian Cristina
Advisor: Bentes, Anna Christina, 1963-
Silva, Anna Christina Bentes da, 1963-
Abstract: Resumo: Inscrita no campo da sociolinguística, dos estudos de recepção e da teoria da prática, de base sociológica, esta pesquisa de natureza interdisciplinar tem como principal postulação que o contexto da entrevista sociolinguística (Schiffrin, 1994), que privilegiou a forma de recepção do "Brava Gente", revela e é constituído pelo habitus (Bourdieu, 1977) dos estudantes universitários. Procuramos, então, investigar como o que é constitutivo do contexto local é, ao mesmo tempo, incorporado a um campo social mais amplo; e também analisar como o contexto mais global e previsível pode ser modificado pela emergência de práticas e de ações singulares no curso das interações sociais. Realizamos uma análise comparativa de dois perfis sociais diferentes de estudantes, a fim de correlacionar o habitus de cada um deles às formas como eles interagem (mais especificamente como se dá a dinâmica de turnos e o desenvolvimento tópico) e à sua competência metagenérica (Koch, Bentes & Nogueira, 2003; Koch, 2004; Koch & Elias, 2006) exibidas no contexto de uma entrevista sociolinguística. Para a coleta de dados, elaboramos um instrumento de pesquisa que consiste na exibição de um episódio do "Brava Gente" e a realização de uma entrevista sociolinguística. A partir das análises desse corpus, pudemos observar que (i) o habitus dos dois perfis constitui e também se ajusta ao contexto da entrevista; (ii) o habitus que está na base das formas de participação dos estudantes da Unicamp é o constituído nas práticas interativas entre colegas de faculdade e as dos estudantes da Faculdade Zumbi de Palmares nas práticas escolares e profissionais; (iii) mesmo sendo uma disposição estável para a ação, foi possível observar ajustes locais dado o contexto da entrevista (iv) a competência metagenérica dos dois perfis se difere pela forma que cada perfil se refere ao gênero do "Brava Gente" e pelos comentários mais centrados nos dispositivos do gênero (estudantes da Unicamp) e nos mais centrados nas reapropriações dos temas (estudantes da Faculdade Zumbi de Palmares), modos de ver diferenciados devido às demandas que cada perfil social faz à TV (lazer, entretenimento, informação, cultura). A partir dessa pesquisa, pode-se concluir que grande parte do que acontece na dimensão emergencial e local do contexto da entrevista sociolinguística está incorporada às práticas anteriores dos sujeitos diante da/ com a TV e às diversas práticas de seus cotidianos. A partir da análise de dados em um contexto de entrevista, portanto, é possível apreender o habitus dos estudantes, ou seja, as disposições estabilizadas de interação e de recepção de gêneros midiáticos. Mas também pode-se observar fenômenos decorrentes de ajustes locais, feitos devido às particularidades do contexto, as quais fazem com que haja ajustes no habitus dos estudantes. Além disso, nesta pesquisa, há contribuições para os estudos sobre os gêneros, ao propor uma análise a partir da recepção, um dos grandes e atuais desafios dessa área, por meio da observação da competência metagenérica exibida pelos sujeitos. Por fim, a metodologia delineada e aplicada representa uma contribuição metodológica importante tanto para o campo da sociolinguística quanto dos estudos de comunicação e recepção.

Abstract: Inserted in the sociolinguistic and reception fields and in practice theory, based on sociology, the principal hypothesis of this interdisciplinary research is that the context of this sociolinguistic interview (Schiffrin, 1994), which focuses on the way that "Brava Gente" is received, reveals and is determined by undergraduate students' habitus (Bourdieu, 1977). In this way we attempt to investigate how what is particular of local context is, at the same time, embedded to a social field; and also analyze how the global and predicted context can be modified/shaped by the emergence of practices and particular actions in social interactions. We've analyzed comparatively two different social profile of students to make a correlation between the habitus of each social profile and the ways they interact among themselves (more specifically how they organize turn-taking and the progress of topic) and their metageneric competence (Koch, Bentes & Nogueira, 2003; Koch, 2004; Koch & Elias, 2006) exhibited in the context of a sociolinguistic interview. For collecting data, we elaborated a method which consists in the exhibition of a narrative episode of "Brava Gente" and the sociolinguistic interview. After finishing the analysis, we claim that (i) the habitus of two profiles is shaped and also adjusted to the context of interview; (ii) the habitus based in which the students engaged in the activity is shaped by interactive practices between university colleagues (Unicamp students) and by scholar and professional practices (Faculdade Zumbi de Palmares students); (iii) even being an established disposition to act, it was possible to observe local adjustments caused by the interview context (iv) the metageneric competence of the two social profile is different by the way each profile refers to the genre of "Brava Gente" and by the type of comments: students of Unicamp focus on the genre components and students of Faculdade Zumbi de Palmares on the reappropriation of its themes, what indicates distinct ways of use/see media products due to the demands of each social profile to TV (leisure, entertainment, information, culture). We can conclude that most part of what happened on the emergence and local dimension of the sociolinguistics interview context is embedded to previously students' practices in front of/ with TV and practices at the everyday life. Therefore the analysis of data in an interview context allows to apprehend the students' habitus, that is, the established dispositions of interaction and reception of media genres. It also allows to observe phenomena resulting from local adjustment, which is made due to the particularity of context, which causes adjustments on the student's habitus. Moreover, in this research, there are contributions to studies about genre by proposing analysis from the reception, one of the greatest and current challenges in this area, by observing metageneric competence exhibited by the students. Finally, the methodology we've designed and applied represents an important methodological contribution to sociolinguistics and communication and reception studies.
Subject: Contexto (Linguística)
Entrevistas em sociolinguística
Estudantes universitários - Interação
Estudantes universitários - Recepção
Gêneros midiáticos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rio_VivianCristina_D.pdf2.01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.