Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270236
Type: TESE
Title: Mario de Andrade no Diario de Noticias : o metodo e a critica circunstancial
Author: Moraes, Ricardo Gaiotto de, 1981-
Advisor: Prado, Antonio Arnoni, 1943-
Abstract: Resumo: Os anos de 1939 e 1940 marcam não só o "exílio" de Mário de Andrade no Rio de Janeiro, mas também uma nova etapa em sua atividade intelectual: a crítica de circunstância. Entre março de 1939 e setembro de 1940, com periodicidade semanal, o autor de Macunaíma passa a ser responsável pela coluna "Vida Literária" no jornal carioca Diário de Notícias. Os artigos desta coluna foram publicados em livro de maneira esparsa em Aspectos da Literatura Brasileira (1943) e O Empalhador de Passarinho (1944), ambos organizados pelo próprio autor, e em Vida Literária (1993), livro comentado e reunido por Sonia Sachs. A partir da leitura do conjunto da coluna "Vida Literária", pode-se perceber que a crítica não se estabelece por uma entrada obrigatória e metódica para os diferentes gêneros literários, mas sim pela mobilização de certas categorias que, muitas vezes, perpassam vários artigos. Longe de estabelecer um critério fechado, essas categorias permitem flagrar não só as preocupações do crítico em relação à produção literária contemporânea, mas também as elaborações estéticas caras a ele. Nesse sentido, o fio condutor da crítica parece ser a tentativa de identificar a realização daquilo que considera o essencial da obra literária, ou seja, a técnica. Esta preocupação aparece também em sua atividade de professor do Curso de Filosofia e História da Arte, na Universidade do Distrito Federal. A crítica de Vida Literária tem notável repercussão entre os autores contemporâneos, o que, em parte, já aponta seu caráter polêmico e, em certo medida, didático. Assim, por meio de uma criteriosa análise da contribuição de Mário de Andrade na coluna em questão, buscou-se tratar das linhas mestras da crítica, levando-se em consideração a especificidade do rodapé literário, a totalidade de textos críticos do autor, outros estudos estéticos como as aulas do curso supracitado e o respectivo panorama literário.

Abstract: This dissertation examines Mario de Andrade's literary criticism published as Vida Literária, in the Carioca newspaper Diário de Notícias, from March 1939, to September 1940. These articles were also published in book form as Aspectos da Literatura Brasileira (1943) and O Empalhador de Passarinho (1944), and then posthumously as Vida Literária (1993) with commentaries by Sonia Sachs. Via a careful analysis of Andrade's newspaper criticism within the context of his vast intellectual output (and within the demands of the particular sub-genre known in Portuguese as the "rodapé literário"), this dissertation argues that Andrade's criticism is not based on genre, but on the mobilization of certain categories that can thematically run through several articles at a time. He is particularly preoccupied with questions of technique, which he considers essential to the literary work. These same interests also show up in his Curso de Filosofia e História da Arte, produced concomitantly while a professor at the Universidade do Distrito Federal.
Subject: Andrade, Mário de, 1893-1945 - Crítica e interpretação
Crítica
Modernismo - Brasil
Literatura brasileira
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Moraes_RicardoGaiottode_M.pdf650.13 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.