Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270107
Type: TESE
Title: Adoniran Barbosa = nem trabalho, nem malandragem
Title Alternative: Adoniran Barbosa : neither work nor truancy
Author: Silva, Marcus Vinícius da, 1981-
Advisor: Frungillo, Mario Luiz, 1960-
Siscar, Marcos Antonio, 1964-
Abstract: Resumo: Este trabalho propõe uma reflexão sobre os elementos temáticos e estéticos presentes nas canções de Adoniran Barbosa, essencialmente em suas letras, que despertaram interesse de seus mediadores no resgate do samba "autêntico", durante o processo de redefinição da MPB, que se deu entre os anos 60 e 70. Para isso, pretende-se observar as letras de suas canções presentes nos três primeiros elepês: Adoniran Barbosa 1974, Adoniran Barbosa 1975, e Adoniran e Convidados, de 1980. Esse recorte visa levantar quais foram os possíveis critérios de escolha das canções por seus produtores culturais, e analisar, a partir dos contextos político, econômico e sócio-cultural, que fatores possivelmente influenciaram na concepção de algumas dessas obras, bem como de que forma diversas dessas canções foram lidas e entendidas mais de vinte anos após serem compostas. A dissertação está dividida em duas partes. A primeira parte é composta por dois capítulos. O primeiro abrange a trajetória de análise da obra de Adoniran. Nesse capítulo, procura-se contextualizar o artista como parte do processo de racionalização da indústria cultural no Brasil - a partir dos conceitos frankfurtianos - e como esse processo, que acontece em concomitância com um momento de grandes tensões políticas e ideológicas, durante o regime militar, permite a consolidação de um cenário único e propício para a formação da MPB renovada. O resgate da figura de Adoniran nesse momento, na minha perspectiva, tem um significado político, ideológico e cultural bastante importante e singular no processo de construção e consolidação da música e da cultura brasileira. No segundo capítulo, pretende-se fazer um levantamento das principais críticas feitas sobre os álbuns que fazem parte do corpus da análise, essencialmente presentes em periódicos e nos encartes de seus elepês, com o objetivo de revelar de que maneira jornalistas, intelectuais e críticos de música influenciaram na constituição da presença de Adoniran na tradição do samba. Já a segunda parte da dissertação dedica-se à análise das canções presentes no corpus, procurando desenvolver, em dois capítulos diferentes, o caráter ambíguo das canções de Adoniran Barbosa inseridas em três debates recorrentes no contexto da MPB renovada: trabalho x malandragem; tradição x progresso; som local x som universal. No primeiro capítulo, o objetivo é realizar uma leitura das canções de Adoniran que refletem, do ponto de vista da recepção, um caráter de resistência à ordem vigente e à ética do trabalho, mas ao mesmo tempo caminham em rumo contrário ao discurso da malandragem tradicional dos sambas cariocas. É outra forma de resistência, que assume caráter de denúncia ao universo suburbano do trabalho. O segundo capítulo diz respeito essencialmente ao entendimento de uma postura crítica e contrária ao ideal de progresso assumido pela elite paulistana, que entendia São Paulo como a locomotiva do país desde o início do século. Ainda nesse capítulo, pretende-se desenvolver um debate estético e ideológico existente no cenário da música brasileira desse período, anos 60 e 70, tendo por um lado o som local, "autêntico" e "de raiz", representado pela MPB renovada, e o som universal, "inovador" e "moderno", representado pela Jovem Guarda e pela Tropicália

Abstract: This dissertation proposes an extended treatment on the aesthetic and thematic features of songs by Adoniran Barbosa, mainly in his lyrics, which led to interest of cultural agents in the rescue of the "authentic" samba, throughout the process of redefinition of MPB (Brazilian Popular Music), from the 60?s to the late 70?s. In order to do so, the song lyrics presented in his first three LPs were studied: Adoniran Barbosa 1974, Adoniran Barbosa 1975, and Adoniran and Guests 1980. In the period chosen we have questioned what the criteria for choosing the songs were, from the perspective of cultural producers, and analyzed possible influences in the composition of some of these works, according to political, economic and socio-cultural contexts, as well as how several of these songs have been read and understood over twenty years later. The thesis is divided into two parts. The first part consists of two chapters. The first covers the line of development of Adoniran?s work. In this chapter, the artist is contextualized as part of the rationalization process of the cultural industry in Brazil - according to Frankfurt School concepts - and this process, which happens to coincide with a time of great political and ideological tension, during the military regime, is comprehended as the consolidation of a unique and conducive scenario that allows the formation of the renewed MPB. The rescue of the figure of Adoniran at that point, in my view, has a political, ideological and cultural meaning which is very important and unique in the construction and consolidation of Brazilian music and culture. In the second chapter, the main criticisms on the analyzed albums were studied, mostly from newspapers and LP inserts, with the objective to expose how journalists, intellectuals and music critics have influenced the constitution of Adoniran?s presence in the tradition of samba. The second part of the dissertation, also in two different chapters, is the analysis of the lyrics presented in the corpus, aiming to develop the ambiguous character of Adoniran Barbosa?s songs in relation to three recurring debates in the context of renewed MPB: work x truancy; tradition x progress; local sound x universal sound. In the first chapter, the goal is to read Adoniran songs, from a perspective of reception, as resistance to the existing order and work ethics, as they take an opposite direction from the traditional discourse of truancy presented in sambas from Rio. It's a way of resistance, which denounces the universe of suburban work. The second chapter is dedicated to the understanding of the São Paulo elite?s posture of criticism and opposition to an ideal of progress, as they believe the state to be "the locomotive of the country" since the beginning of the century. Also in this chapter, we have presented the aesthetical and ideological debate in the Brazilian music from that period, the 60's and the 70's: on one hand the local, "authentic" and "native/root" sound, represented by the renewed MPB; on the other, the universal, "innovative" and "modern" sound, represented by Jovem Guarda and Tropicália
Subject: Barbosa, Adoniran, 1910-1982 - Crítica e interpretação
Canção (Música)
Música popular
Indústria cultural
Literatura brasileira
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_MarcusViniciusda_M.pdf1.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.