Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270043
Type: TESE
Title: Palavra e sedução : uma leitura dos prefacios oitocentistas (1826-1881)
Author: Sales, Germana Maria Araujo
Advisor: Abreu, Márcia
Abreu, Marcia Azevedo de
Abstract: Resumo: Este trabalho é o resultado de quatro anos de pesquisas, leituras e reflexões, a fim de compreender as imagens de leitura impressas nos prefácios brasileiros do século XIX. Na leitura dos prefácios, proponho a análise de três categorias: o perfil dos leitores, a imagem do autor e a construção do gênero romanesco na primeira metade do século XIX, através do próprio discurso do escritor. Os prefácios funcionam, também, como o lugar onde são exercidos os debates que buscam dar forma à estética romanesca que vai sendo reconhecida ao longo do século. É por meio desses prólogos que podemos acompanhar o processo longo e progressivo de alteração das imagens, opiniões e pensamentos dos romancistas e do gênero romance. Sob este ponto de vista, os prólogos dos romances do século XIX devem ser examinados como elementos da história do romance e da formação do público leitor. Através desses textos, é possível investigar como ocorreu este processo de formação. A primeira função observada é a definição de leitor. Quem seria o leitor pretendido e/ ou construído pelos romancistas do século XIX em seus prefácios? Como podemos averiguar as marcas da trajetória empreendida pelo autor a fim de seduzir e capturar um público-leitor? Será que folhetim e romances faziam parte apenas da leitura feminina ou abarcavam um grupo amplo e misto, formado por homens e mulheres? O papel desempenhado pelo autor é a segunda função analisada neste trabalho. Nos textos dos prefácios, são apresentadas algumas caracterizações do escritor de ficção. Dentre outras funções, o escritor desempenha a tarefa de encantar o leitor através de um discurso persuasivo. Para tanto, o autor faz promessas e postula argumentações convincentes. Por fim, a terceira e última função consiste em observar como o gênero romanesco foi tratado pelo escritor no texto do prefácio. Os prefácios se configuram também como um importante espaço de debates dos procedimentos da criação do novo gênero romanesco em terras brasileiras. Para a composição do corpus da pesquisa serão analisados os prefácios de romances publicados entre 1822 e 1881; escritos por autores consagrados e romances escritos por romancistas menos conhecidos do público e pela crítico no seu valor de escritor. Os prefácios - também chamados prólogos, advertências, proêmios, carta ao leitor, preâmbulos, discursos preliminares - que geralmente introduzem o texto do romance, assumem finalidades que vão além de uma simples introdução, configurando-se, algumas vezes, como uma forma de explicar a obra e debater questões de crítica literária. Os textos introdutórios configuram-se como parte funcional da obra, maneira de o autor se explicar, se justificar, debater idéias, queixar-se, e também seduzir o público leitor

Abstract: This work is the result of four years of researches, readings and reflections, in order to comprehend the reading images printed on Brazilian prefaces in the 19tb century. When reading prefaces, I suggest the analysis of three categories: profile of the readers, the image of the author and the construction of the romantic style during the first half of the 19tb century, through the author's own discourse. Prefaces also work as the place where debates are practiced, trying to shape the romantic style which has been recognized during the century. By means of these prologues, we are able to follow the long and progressive process of change of the images, opinions and thoughts of romancists and the romantic style. Under this point of view, the prefaces of the 19tb century romances should be examined as elements of the history of the romantic style and the formation of future readers. Through these texts, it is possible to investigate how this formation process took place. The first thing analyzed was the definition of reader. Who would be the target reader and for the sculpted reader formed by the 19tb century romancists in their prefaces? How can we verify the signs of the way covered by the author in order to seduce and capture the readers? Would serial publications and romances be part of the feminine universe only or would they be part of a larger mixed group of readers, men and women for example? The role played by the author is the second analysis made in this work. In the texts of the prefaces, some characterizations of the novelist are shown. Among other roles, a writer must enrapture the reader by using a persuasive speech. In order to do so, the author makes promises and postulates valid argumentation. At last, the third and final analysis is about how the romantic style was handled by the author in the preface. Prefaces are also important spaces to debate the procedures of the creation of the new romantic style in Brazil. In order to produce the corpus of this research, it will be analyzed the prefaces of romances published between 1822 and 1881, written by renowned authors, well known by the public and critics, as well as romances written by not so famous authors. Prefaces - also know as prologues, forewords, proems, letter to the reader, preambles, prelusion - which in general, introduce the text of the romance, have purposes that go beyond a mere introduction. They are, sometimes, the way to explain the literary work and to debate questions of literary criticism. The introductory texts work as a guide to the literary work, the way the author explains and justifies herself, to debate ideas, to complain and also, to seduce the reader
Subject: Leitura - História
Leitura - História e crítica - Séc. XIX
Prosa
Leitores
Prefacios - Coletânea
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sales_GermanaMariaAraujo_D.pdf13.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.