Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270014
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: A carteira do meu tio, de Joaquim Manuel de Macedo : literatura de viagem e sátira política em tempos de conciliação
Title Alternative: My uncle's mallet, by Joaquim Manuel de Macedo : voyage literature and the political satire at a moment of Reconciliation Policy
Author: Lima, Carollina Carvalho Ramos de, 1986-
Advisor: Cano, Jefferson, 1970-
Abstract: Resumo: Pretendemos, com esta pesquisa, analisar A carteira do meu tio, de Joaquim Manuel de Macedo, publicada em 1855, nas páginas do jornal carioca A Marmota. Trata-se de um livro de viagem, narrado por um jovem debochado e, incomodamente, sincero que se apresenta ao leitor como "o sobrinho do tio", de quem recebe a ordem de viajar pelo território brasileiro, como uma etapa na sua formação para a carreira política. Neste trabalho problematizamos a escolha do escritor pela união entre a literatura de viagem e a sátira política em um momento de reordenamento da cena pública, bem como buscamos apresentar a visão do escritor acerca de três temas que ele julgava essenciais: a Política de Conciliação (1853-1857), em vigor durante a escrita e a edição da obra em questão; os vícios comuns à elite política imperial; e a inaplicabilidade das leis constitucionais que, em última instância, falseavam o sistema representativo

Abstract: With this research we intend to analyze A Carteira do meu Tio, (My Uncle¿s Wallet) written by Joaquim Manuel de Macedo and published in 1855 on the pages of a carioca newspaper called A Marmota. It is about a travel book, narrated by a young, mocking and inconveniently sincere boy that introduces himself to the reader as the uncle¿s nephew, and who is asked to travel within the Brazilian territory, as part of his career in politics. On this work we not only problematize the writer¿s choice between the voyage literature and the political satire at a moment of reordering of the public scene, but also attempt to present the writer¿s view around three themes he minded essential: the Reconciliation Policy (1853-1857), put into force during the writing and editing of the work in question, the common vices among the political imperial elite and the inapplicability of the constitutional laws that, ultimately, distorted the representative system
Subject: Macedo, Joaquim Manuel de, 1820-1882. A carteira do meu tio - Crítica e interpretação
Ficção brasileira
Sátira política brasileira
Brasil - História - 1853-1857 - Aspectos políticos
Brasil - Descrições e viagens
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lima_CarollinaCarvalhoRamosde_D.pdf1.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.