Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269938
Type: TESE
Title: Sou do país superior : utopia e alegoria na libertina Terra Austral conhecida (1676), de Gabriel de Foigny : tradução e estudo
Author: Ribeiro, Ana Claudia Romano
Advisor: Berriel, Carlos Eduardo Ornelas, 1951-
Abstract: Resumo: Analisar e traduzir La Terre Australe connue são os objetivos desta tese de doutorado. Segundo "G. de F", narrador do prefácio, La Terre Australe connue é a tradução do relato da viagem de Nicolas Sadeur ao último continente ainda desconhecido no século XVII, chamado nos mapas da época de terra australis incógnita, um lugar aprazível, habitado e totalmente planejado - em todos os seus aspectos - por hermafroditas perfeitamente racionais. Este pseudodocumento é uma utopia literária que foi, em realidade, escrita por Gabriel de Foigny e publicada em Genebra, em 1676, sob falso nome de editor e de cidade. O trabalho está dividido em dois volumes. O volume 1 é dedicado à análise da obra e contém dois capítulos principais. O primeiro trata da definição da utopia como gênero literário partindo do texto paradigmático de Thomas Morus, A Utopia. No segundo capítulo, apresento uma biografia de Gabriel de Foigny, faço uma revisão bibliográfica da crítica já publicada sobre sua utopia para, em seguida, desenvolver minha interpretação da figura do hermafrodita como alegoria da hibridização 1) do poder real absoluto, 2) do Estado absolutista e 3) do panorama religioso francês desta época. Passo em seguida à análise da figura do hermafrodita tal como ela é descrita pelo autor, percebendo que ela se insere na tradição menipéia e luciânica. Na parte seguinte, estudo outros temas relevantes para a compreensão desta utopia: a questão religiosa no capítulo VI ("Da religião dos austrais"), a ciência e a técnica na Terra Austral, o prefácio e o narrador-editor, a temática das línguas e da tradução nesta utopia e, por fim, o libertinismo. Um apêndice é dedicado ao estudo das fontes gregas da utopia. No volume 2 está a tradução para o português, organizada numa edição bilíngue acompanhada de notas.

Abstract: The aim of this doctoral thesis is to analyze and translate La Terre Australe connue. According to "G. de F. ", the narrator of the preface, La Terre Australe connue is the translation of Nicolas Sadeur's voyage account to the last continent still unknown in the 17th Century, called terra australis incognita on the maps of the period, an inhabited place, in all aspects pleasing and totally planned by perfectly rational hermaphrodites. This pseudodocument is a literary Utopia. It was, in fact, written by Gabriel Foigny and published in Geneva in 1676, under a false name of city and editor. The work is divided into two volumes. Volume 1 is dedicated to the analysis of the text and contains two main chapters. The first one deals with the definition of Utopia as a literary genre starting from the paradigmatic text of Thomas More, Utopia. The second brings a biography of Gabriel de Foigny, a review of the published criticism about his Utopia with the purpose of, afterwards, presenting my personal reading of it, based on the figure of the hermaphrodite as an allegory of the hybridization of 1) the absolute royal power, 2) the absolutist state and 3) the religious panorama of 17th Century France. I examine, then, the figure of the hermaphrodite as it is described by the author, observing that it continues the menippean and lucianic tradition. After that, I study other relevant subjects to the understanding of this Utopia: the religious question in Chapter VI ("The religion of the Southern"), science and technology in the Southern Land, the preface and the narrator-editor, the thematics of language and translation in this Utopia and, eventually, the philosophical libertinism. An appendix is devoted to the study of Greek sources of Utopia. In volume 2 we present the Portuguese translation, organized in a bilingual edition, accompanied by notes.
Subject: Utopia
Alegoria
Libertinismo
Hermafrodita
Literatura francesa - Séc. XVII - História e crítica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ribeiro_AnaClaudiaRomano_D.pdf451.66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.