Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269923
Type: TESE
Title: Os leitores de Machado de Assis : o romance machadino e o publico de literatura do seculo 19
Author: Guimarães, Helio de Seixas
Advisor: Waldman, Berta, 1940-
Abstract: Resumo: A interpelação do leitor é uma constante no romance machadiano. Figurado como entidade ficcional, o leitor ganha novos papéis e funções, softendo um processo de ftagmentação e dissolução no desenrolar da obra. Isso ocorre em simultaneidade com modificações profundas na percepção que os escritores oitocentistas tinham dos públicos leitores, o que se deve a mudanças no processo de produção e difusão cultural e também na disponibilização de informações mais precisas sobre o leitorado brasileiro e sobre o papel do romance na construção da nacionalidade. Essas modificações estão indicadas por dados empiricos e também por depoimentos dos principais escritores brasileiros oitocentistas, em que as noções positiva ou negativamente idealizadas a respeito do público de literatura cedem lugar à configuração do leitor e da comunicação literária como problema real e concreto. A partir da leitura e análise dos nove romances, examinados pelo ângulo específico da figuração do leitor, procura-se estabelecer conexões entre os binômios Machado de Assis/público e narradorlleitor e mostrar que, de recurso retórico importado de romances românticos europeus, a interpelação direta do leitor toma-se um recurso de composição. A tese mostra como o conhecimento do público contemporâneo à produção da obra de Machado de Assis - com suas limitações, gostos arraigados, hábitos de leitura etc.- serve como chave para se compreender a transformação do escritor dos primeiros romances no autor de Dom Casmurro e Memorial de Aires, entre outros

Abstract: The narrator's addressing the reader is a constant in Machado de Assis' novels. As a fictional entity, the reader acquires new roles and functions and undergoes a process of fragmentation and dissolution over the course of bis work. These transformations coincide with how writers of the 1800s radically changed their perception of the reading public, which was due to changes in the production process and cultural dissemination as well as the availability of more specific information on Brazilian readership and on the novel's role in the construction of nationality. These changes are shown by empirical data and by statements made by the major Brazilian writers of the 1800s, in which the positively or negatively idealized notions regarding the reading public give way to the formation of the reader and literary communication as a real and concrete problem. Through the reading and analysis of Machado's nine novels, examined from the specific angle of how the reader is shaped, this work aims to establish connections between the binomials Machado de Assis/reading public and narrator/reader and to show that the narrator's addressing the reader directly, a rhetorical device imported from the European Romantic novels, becomes a device for composing novels. The dissertation demonstrates how knowledge of the contemporary reading public of Machado de Assis' work with its limitations, deep-rooted tastes, reading habits etc. is key to understanding the transformation from the writer ofthe first novels into the master of Posthumous Memoirs of Bras Cubas and Dom Casmurro, among others
Subject: Assis, Machado de, 1839-1908
Leitores - Reação critica - Brasil
Literatura brasileira - Sec.XIX - História e crítica
Romantismo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Guimaraes_HeliodeSeixas_D.pdf27.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.