Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269905
Type: TESE
Title: Combate ao mundo e conquista do paraíso : ficção e alegoria no Compêndio Narrativo do Peregrino da América
Title Alternative: Combating the World and Conquering Paradise : Fiction and Allegory in the Pilgrim of America
Author: Adriano Filho, José, 1954-
Advisor: Pécora, Alcir, 1954-
Pécora, Antonio Alcir Bernárdez
Abstract: Resumo: "Combate ao mundo e conquista do paraíso: ficção e alegoria no Compêndio Narrativo do Peregrino da América" têm por objetivo o estudo do ficcional e do alegórico do Compêndio Narrativo do Peregrino da América, em que tratão vários discursos espirituais, e moraes com muitas advertências, e documentos contras os abusos, que se achão introduzidos pela malicia diabólica no Estado do Brasil, escrito por Nuno Marques Pereira, e publicado pela primeira vez em 1728. O livro narra a viagem de um Peregrino da Bahia às Minas de Ouro, e o tema da peregrinação justifica o relato da viagem ao longo da qual o Peregrino se vê diante de espaços e personagens fictícios que são objeto de moralização e servem de pretexto para explicar a doutrina cristã. Sua ideia central é o tema do homo viator, isto é, o ser humano está na terra apenas em peregrinação para o céu, sua verdadeira morada. Esta concepção está também ligada a uma consciência de crise, traduzida na visão do mundo como local desordenado e perigoso, no qual, aquele nele viaja, procura encontrar uma saída para o desconcerto reinante na terra. O Peregrino, em grande luta contra as tentações do mundo, segue adiante o seu caminho guiado pela fé e pela graça de Deus, transformando-se num símbolo de persistência e de vitória da vontade sobre as forças do mal. A narrativa é instrumento de demonstração de ideias e meio de exemplificação de doutrinas com uma função persuasiva clara: o autor recorre às auctoritates, a exemplos retirados da experiência cotidiana do século XVIII, além de adequar as alegorias e exemplos ao diálogo, com o objetivo de atrair os infiéis e pecadores que viviam na Colônia para a doutrina católica, fazendo-os renunciar aos maus costumes e levá-los a alcançar à pátria celestial. O livro deve ser lido tendo como pano de fundo as repercussões que o movimento da Contrarreforma e os ecos do Concílio de Trento tiveram em nível da produção artística no mundo católico, e as intenções pedagógico-didáticas subjacentes à sua composição está fundamentado na crença de que a arte poderia constituir um eficaz instrumento de reconversão dos fiéis e de doutrinamento nos valores da fé católica: docere, movere, delectare, visados pela obra de arte deste período, são também os objetivos que o Peregrino da América almeja alcançar

Abstract: "Combating the World and Conquering Paradise: Fiction and Allegory in the Pilgrim of America]" seeks to investigate the fictional and allegorical nature of the Compêndio Narrativo do Peregrino da América, em que tratão vários discursos espirituais, e moraes com muitas advertencias, e documentos contras os abusos, que se achão introduzidos pela malicia diabolica no Estado do Brasil [A Narrative Compendium of the Pilgrim of America, in which are addressed a sundry of spiritual and moral discourses, with a number of admonitions and documents against the abuses which have been introduced by the devilish evil into the State of Brazil], written by Nuno Marques Pereira, and first published in 1728. The book narrates the travel of a Pilgrim from Bahia to the Golden Mines; and the pilgrimage topic underlies the account of the trip during which the Pilgrim is faced with fictional spaces and characters, used for moralizing purposes and which serve as grounds for explaining the Christian doctrine. Its pivotal idea is the theme of homo viator, which means human beings are on Earth basically as pilgrims towards Heaven, their real abode. Such concept is also linked to a consciousness of crisis, which translates into a view of the world as a disorderly and perilous place, in which those who travel through attempt to find a way out of the reigning disarray on Earth. The Pilgrim faces fierce struggles against worldly temptations, and forges ahead on his path guided by Faith and the grace of God; and he turns into a symbol of persistence and victory of will against the powers of Evil. The narrative is an instrument to demonstrate ideas and a means to exemplify doctrines with a clear persuasive function: the author refers to the auctoritates, to examples drawn from the everyday experiences of the 18th century, and also adapts allegories and exempla to the dialogues with the intent of luring infidels and sinners living in the Colony into the Catholic doctrine, steering them away from bad practices and leading them to the heavenly country. When reading this book one must bear in mind the aftermath of the Counter Reformation movement and the echoes from the Council of Trent; and the repercussions they had on the artistic production in the Catholic world; and that the pedagogical-didactic intents underlying its making are grounded on the belief that art could be an effective tool for reconverting the faithful and for indoctrination in the values of the Catholic faith: docere, movere, delectare, aimed by art works of that period, are also the objectives the Pilgrim of America seeks to achieve
Subject: Alegorias
Ficção
Simbolismo na literatura
Literatura barroca
Peregrinos e peregrinações
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
AdrianoFilho_Jose_D.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.