Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269804
Type: TESE
Title: A des-construção da critica (literaria) de tradução : uma analise das resenhas criticas de tradução do caderno MAIS!
Author: Silva, Francisco de Fatima da
Advisor: Ottoni, Paulo, 1950-2007
Ottoni, Paulo Roberto
Abstract: Resumo: Esta dissertação examina concepções de crítica de tradução presentes nas resenhas críticas de tradução publicadas no caderno Mais!, do jornal Folha de S. Paulo, elaboradas, em sua maioria, por professores, bem como críticos, poetas e tradutores, as quais dedicam algum espaço à reflexão que envolve a prática tradutória. Ao utilizarmo-nos dessas resenhas, pretendemos mostrar o "entrelaçamento" existente entre a crítica de tradução e a crítica literária, problematizando suas distinções, a partir dos pressupostos que norteiam tais práticas. Além de apresentar, caracterizar e examinar a contribuição da crítica no que tange à sua novidade e aos seus propósitos, propomos uma avaliação de sua perspectiva e do alcance de suas propostas. Nesta pesquisa, toma-se evidente o fato de os críticos privilegiarem um modo de traduzir que conservaria as características da língua-fonte, enquanto condenam a falta de fidelidade. É essa rejeição à tradução dita "infiel" que se denomina de gesto essencialista. A desconstrução denuncia não só esse pressuposto metafísico, que implica no predomínio de um modelo binário, a exemplo das oposições tradução-original, fidelidade-recriação, mas também o julgamento enquanto principal critério no comentário de uma obra literária traduzida para o português brasileiro. O propósito deste trabalho consiste em trazer à tona os conflitos presentes nas proposições críticas, revelando-lhes o terreno comum - a fidelidade -, seja na literalidade, seja na criação tradutória. Além disso, pretendemos demonstrar o quanto as novas tendências acerca da investigação sobre a tradução revelam-se de forma surpreendente nos discursos aparentemente exteriores ao meio universitário. Tal é o caso da desconstrução, que expõe a impossibilidade da idiossincrasia do discurso tradutório em cada campo de investigação, questionando as distinções defendidas pelo cientificismo nas ciências humanas, em especial na Lingüística Aplicada

Abstract: This dissertation examines the concepts of translation criticism, since from the evaluator essays on translation written by Brazilians critics, teachers, translators, and poets, gathered from the journal articlesedited at the Mais! supplement of the Folha de S. Paulo newspaper, in which they devote some space to the consideration that involves the translation practice. In using these essays, one intends to show the "interweaving" between the translation criticism and literary criticism, troubling their distinctions, from the premises that guide such practices. My study, besides presenting, characterizing and examining the contribution of the criticism with respect to its innovativeness and purposes, proposes an evaluation of its perspectives and extensions and its premises. In this study, it becomes clear fact that these critics privilege a translation method, which would preserve the source language characteristics, and condemns the lack of fidelity, as they have been claimingin the following articles.This rejection to the translation is hereon denominated "essentialist". Thus, the deconstruction reveals not only metaphysics premises that denounce the predorninance of a binary model, such as the oppositions: translation-original, fidelity-recreation, but also the judgment like main criteria on the commend about translated literary work to the Brazilian Portuguese. The purpose of this work consists at bringing to the surface the conflicts presented in the critical propositions, revealing to them the common ground - the fidelity, whether in the literality, whether in the translation creation. In addition, demonstrating how much the new tendencies about the translation research show themselves, in a remarkable manner, on the apparently outer discourses from the universitary environment. The deconstruction exposing the impossibility of the translation discourse idiosyncrasy in each field of investigation - distinctions supported by the scientificism at the Humanities, specially on the Applied Linguistics
Subject: Criticas textuais
Tradução e interpretação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_FranciscodeFatimada_M.pdf8.63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.