Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269801
Type: TESE
Title: A atuação do entrevistador na interação face a face do exame Celpe-Bras
Title Alternative: Interviewer's performance in face to face interaction of Celpe-Bras examination
Author: Sakamori, Lieko
Advisor: Scaramucci, Matilde V. R., 1951-
Scaramucci, Matilde Virginia Ricardi, 1951-
Abstract: Resumo: A confiabilidade é um aspecto fundamental da avaliação. Um teste é considerado confiável quando não há variáveis que possam afetar a avaliação do desempenho do candidato. Elas podem estar relacionadas às condições de aplicação do teste, ou à atuação dos entrevistadores. No entanto, no caso das avaliações orais como as interações face a face, em que o candidato interage com o entrevistador, o controle da confiabilidade se torna mais difícil, já que as interações envolvem inúmeras variáveis. Para controlar essas variáveis, formam-se entrevistadores e elaboram-se procedimentos, regras e critérios de avaliação. Mesmo assim, podem existir variáveis que não foram previstas em relação às interações. O objetivo deste trabalho é fazer uma análise da atuação dos entrevistadores na interação face a face do exame Celpe-Bras (Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros). Esse exame, desenvolvido pelo Ministério da Educação do Brasil e em uso desde 1998, certifica os candidatos estrangeiros em quatro níveis: Intermediário, Intermediário Superior, Avançado e Avançado Superior. Ele é composto de duas partes, uma prova escrita e outra oral. A avaliação oral é uma interação face a face, com duração de 20 minutos. O candidato é avaliado por um entrevistador e um observador. Os resultados do estudo mostraram que houve variações em relação à atuação dos entrevistadores, podendo ser consideradas colaborativas e/ou não colaborativas. Espera-se que este trabalho possa contribuir para um maior entendimento das avaliações orais em geral, e mais especificamente, servir de subsídio para o aprimoramento do Manual do Entrevistador do exame Celpe-Bras

Abstract: Reliability is a fundamental concept in assessment. A test is considered to be reliable when there are no variables that can affect the candidate¿s performance assessment. They can be related to the conditions of test application or interviewer¿s performance. However, in the case of oral assessments such as face to face interactions, in which the candidate interacts with an interviewer, the control of reliability becomes more difficult, since the interactions will involve many variables. In order to control those variables, interviewers are trained and test procedures, rules and criteria are elaborated. Even though, there can be variables that were not predicted to the interactions. The aim of this work is to analyze interviewers¿ performance in face to face interaction of Celpe-Bras examination (Proficiency in Portuguese as a Foreign Language). This examination, developed by the Ministry of Brazilian Education and in use since 1998, certifies foreign candidates in four levels: Intermediate, High Intermediate, Advanced and High Advanced. It has two parts, a writing test and a speaking one. The oral test is a 20 minutes face to face interaction. The candidate is evaluated by an interviewer and an observer. The results of this study pointed that there were variations concerning interviewers¿ performance, which could be considered collaborative and/or non-collaborative. It is expected that this work can contribute to a better understanding of oral evaluations in general, and more specifically, to serve as subsidy to the improvement of Interviewer¿s Manual of Celpe-Bras examination
Subject: Exames orais - Confiabilidade
Proficiência oral
Exame Celpe-Bras
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sakamori_Lieko_M.pdf4.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.