Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269794
Type: TESE
Degree Level: Mestrado
Title: Processos avaliativos em lingua estrangeira (ingles) = um estudo de caso em contexto empresarial
Title Alternative: Assessment processes in foreign language (english) : a case study in the business contex
Author: Kobayashi, Eliana, 1971-
Advisor: Scaramucci, Matilde V. R., 1951-
Scaramucci, Matilde Virginia Ricardi, 1951-
Abstract: Resumo: No mercado de trabalho brasileiro, a língua inglesa aparece como requisito essencial na obtenção de empregos. Embora tal exigência pareça ser senso comum, pouco se sabe como o processo de avaliação ocorre dentro das empresas. Este estudo tem o objetivo de investigar como a avaliação em língua inglesa é conduzida em uma empresa localizada na Grande São Paulo, e analisar se o processo avaliativo utilizado atende às suas necessidades. Os dados foram coletados por meio de uma entrevista com o diretor responsável pela avaliação em língua inglesa dos candidatos a empregos da empresa; questionários para os funcionários e análise dos testes de inglês utilizados. Os resultados mostram que o processo avaliativo ocorre em dois momentos principais, ou seja, durante a seleção de profissionais - por meio de um teste escrito e uma entrevista oral -, e no acompanhamento do desempenho dos funcionários que participam de um curso de inglês subsidiado pela empresa. Entretanto, a maneira pela qual a avaliação é conduzida revela descompassos entre a concepção de linguagem inferida pela entrevista com o diretor e aquela operacionalizada nos testes utilizados. Embora a empresa busque profissionais capazes de usar a língua em suas atividades conforme as expectativas de seus cargos, o teste escrito mede o conhecimento dos candidatos sobre a estrutura da língua. O segundo descompasso ocorre entre a escola, que ministra o curso de inglês, e a empresa. A primeira focaliza seu ensino e avaliação no material didático adotado, voltado para o inglês geral, desconsiderando as necessidades de uso da língua no contexto empresarial. A empresa, por sua vez, não estabelece nem exige que suas necessidades de uso e o desempenho de seus funcionários sejam considerados nesse processo. Neste estudo, a avaliação de desempenho seria a forma mais adequada de analisar a capacidade de uso da língua pelos profissionais. Na avaliação de desempenho, o participante é avaliado pelo seu desempenho em atividades que simulam ou representam uma amostra do critério, que seria o desempenho alvo subseqüente ao teste (Scaramucci, 2004; Clark, 1996; Hamayan, 1995; McNamara, 1996, 1997; 2000). Além disso, pelas características do contexto estudado, acreditamos que avaliação de desempenho deveria ser em inglês para propósitos específicos (Douglas 2000; Sullivan, 2006), mais especificamente inglês para negócios

Abstract: In the job market, English language is considered an essential requirement to find a position. Although it seems to be common knowledge, little do we know about how the language assessment process occurs in companies. This research aims at investigating how the English language assessment occurs in a company located in the São Paulo metropolitan area and if this assessment process meets its needs. The data were collected through interviews with the director in charge of the language assessment of the job applicants, questionnaires applied to the employees and analysis of the tests currently used by the company. The results show that the assessment process occurs in two main situations. The first moment is in the applicant's screening process when written and oral tests are administered and the second one is in the monitoring of the students' performance in the English course subsidized by the company. However, the way the tests are administered shows mismatches between language conception and its operation. Although the company seeks professionals able to use the language in their work activities according to their job expectations, the written test assesses the applicants' knowledge of language form. Secondly, there is no synergy between the English school, responsible for the employees' English course, and the company. The former focuses teaching and assessment on course material disregarding the language use in the business context. The latter neither sets nor demands that its English language needs and employees' performance be considered in this process. In this research, we believe that performance assessment is the adequate way to analyze the professional's ability to use the language. In performance assessment, applicants are assessed by their performance in tasks that are similar or represent the criterion, the target performance subsequent to the test. (Scaramucci, 2004; Clark, 1996; Hamayan, 1995; McNamara, 1996, 1997, 2000). In addition to it, due to the characteristics of the context under investigation, we believe that performance assessment should be in English for Specific Purposes (Douglas 2000; Sullivan, 2006), more specifically Business English
Subject: Avaliação
Ingles para propositos especificos
Ambiente de trabalho
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Kobayashi_Eliana_M.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.