Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269768
Type: TESE
Title: A comicidade no contexto linguístico escolar = quadrinhos de humor em livros didáticos de inglês como língua estrangeira
Title Alternative: The comicity in the school linguistic context : comics in the handbooks of English as a foreign language
Author: Mota, Ilka de Oliveira
Advisor: Coracini, Maria José Rodrigues Faria, 1949-
Abstract: Resumo: Ancorados na perspectiva da Análise de Discurso, na interface com a psicanálise freudiana e a Desconstrução, nosso objetivo, neste estudo, foi analisar os modos de abordagem do humor por Livros Didáticos de inglês como LE. A pesquisa permitiu-nos compreender o modo de tratamento do humor e a concepção de ensino de língua que emergem das práticas didático-pedagógicas com base em quadrinhos e da sua (dis)posição nos livros didáticos de inglês pesquisados. O corpus da pesquisa se constituiu de seis Livros Didáticos de inglês como LE, adotados por professores de inglês de escolas públicas que compreendem as cidades de Campinas e região. Nosso pressuposto era o de que, embora constituídos de uma gama diversificada de textos que representam diferentes discursividades, os LDs, mais precisamente o tipo de sua abordagem, tendem a homogeneizar os textos dos quais se apropriam. Diante disso, formulamos a hipótese de que, no contexto didático-pedagógico de ensino de língua, mais exatamente em livros didáticos de língua inglesa como LE, há uma tendência ao apagamento dos efeitos de comicidade e das condições de sua produção. A partir dos resultados da análise empreendida, pudemos observar que o modo de abordagem do humor pelos LDs em questão tende a apagar o jogo com as palavras e os sentidos, a brincadeira, os equívocos, ambiguidade, resultando, por conseguinte, no apagamento dos aspectos culturais e discursivos que constituem o campo da comicidade. Entendemos que o tipo de abordagem do humor que encontramos nos LDs pesquisados pode ter implicações sérias no ensino-aprendizado de inglês como LE e, por conseguinte, na constituição identitária do sujeito, a saber: a) o apagamento da criatividade, da imaginação e do prazer; b) a ausência do componente lúdico e, portanto, do prazer, do envolvimento que toda aprendizagem (aquela que atravessa o corpo e o transforma) deve pressupor e, finalmente, c) o apagamento do aspecto político que atravessa o campo da comicidade. Tal apagamento reforça a ideia equivocada de que o humor é uma "mera? brincadeira que não requer exercício intelectual, posição totalmente contrária à que assumimos nesta pesquisa. O campo da comicidade implica relações subjetivas, sócio-históricas e culturais. Mais precisamente, há relações subjetivas e sócio-históricas implicadas na produção do prazer e da poeticidade cômicas, o que faz dele um elemento importante no processo de ensino-aprendizagem de uma língua

Abstract: Anchored in the perspective of the Discourse Analysis, in the interface with the Freud?s Psychoanalyze and Deconstruction, our aim, with this study, was to analyze the way of approaching of humor by Handbooks of English as a Foreign Language (FL). This research allowed us to comprehend the way of treatment of humor and the conception of language teaching which emerges from the didactic and pedagogical activities based on comics and from their position (localization) in the handbooks of English selected for this study. The corpus of this research is composed by six Handbooks of English as a FL, adopted by English teachers who work at public schools comprising Campinas and region. Our basic assumption was that, in spite of being composed by many different kinds of texts which belong to different discourses, the Handbooks of English, especially their kind of approaching, have the tendency of becoming the texts homogenous. So, we developed the hypothesis that, in the didactic-pedagogical context of language teaching, more exactly in Handbooks of English as a FL, there is a strong tendency of erasing of the effects of humor and their conditions of production. From the results of our analyses, we could observe that the way how the Handbooks approach humor tend to eliminate the joke, the ambiguity, the double meaning, resulting, consequently, in the erasure of the cultural and discursive aspects which constitute the complex field of the comicity. We consider that the kind of approaching of humor found in the Handbooks of English present serious implications in the learning and teaching of English as a FL and, consequently, in the constitution of the subject?s identity: a) the erasure of creativity, imagination and pleasure; b) the absence of the playful component and, therefore, of the pleasure, of the involvement which every kind of learning involves (that one which spans the body and changes it) should presuppose and, finally, c) the erasure of the political aspects which span the field of comicity. That erasure reinforces the mistaken idea that humor is a simple play which does not demand an intellectual exercise, totally different of the position assumed in this study. The field of the comicity entails social, historical and cultural relations. More specifically, there are subjective and social-historical relations entailed in the production of the pleasure and of the comics poeticity, what makes it an important element for the teaching-learning of a language
Subject: Comicidade
Livros didaticos - Lingua inglesa
Histórias em quadrinhos - Humor
Lingua inglesa - Ensino
Discurso didático-pedagógico
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mota_IlkadeOliveira_D.pdf13.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.