Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269724
Type: TESE
Title: Povos no Brasil : quem são eles nos livros didaticos de Portugues como lingua estrangeira?
Title Alternative: People in Brazil : Who are they in didactic books for Portuguese as a foreign language?
Author: Furlan, Cássia Cristina, 1981-
Advisor: Bolonhini, Carmen Zink, 1957-
Abstract: Resumo: Este trabalho focaliza o processo de ensino-aprendizagem de português como língua estrangeira (PLE) em contexto brasileiro. A atuação da pesquisadora enquanto professora da área evidenciou a carência de formação específica dos profissionais envolvidos no processo e, também, a carência de informações sobre os materiais didáticos disponíveis. Os livros didáticos (LDs), em especial, quando se tornam objetos de pesquisa são analisados e avaliados quanto aos seus aspectos metodológicos e, pouco ou nada se diz acerca de seu caráter discursivo. Com o intuito de enfocar esse aspecto pouco abordado nos trabalhos desenvolvidos nesta área, a proposta é analisar 4 livros didáticos amplamente utilizados em cursos de português para falantes de outras línguas, sendo eles: Fala Brasil (Coudry & Fontão, 1989), Avenida Brasil (Lima et al., 1991), Aprendendo Português do Brasil (Laroca et al., 1993) e Bem-Vindo: a língua portuguesa no mundo da comunicação (Ponce et al., 1999). Utilizando o escopo teórico da Análise de Discurso de perspectiva materialista, atentamos para os efeitos de sentido produzidos entre locutores (Orlandi, 1999) no que se refere ao Brasil e a todos aqueles que fazem parte de sua história. Busca-se averiguar o que é dado como verdadeiro e natural a respeito dos diversos povos que participam da história do Brasil, apurando a maneira como eles são apresentados e os sentidos produzidos a respeito dos mesmos nos LDs. Com vistas a atingir este objetivo, se considera a relação entre a formação imaginária (Pêcheux, 1975) do aprendiz e os discursos veiculados pelos livros didáticos, indo para além de uma análise da abordagem e observando os (pré) conceitos e as imagens (des) construídas nessa relação. A partir das análises realizadas, se nota que as falas que definem o negro e o índio, por exemplo, exercem um trabalho de apagamento e, ao mesmo tempo, de fixação de determinados sentidos que acabam constituindo um imaginário que passa a funcionar ao longo da história. A relevância de reflexões e pesquisas nesta área e, especificamente, sobre os livros didáticos, advém da evidenciada necessidade de apreender esses materiais em sua complexidade e disponibilizar alguns dados que permitam uma melhor atuação dos profissionais envolvidos. O conhecimento daquilo que já existe publicado em termos de material permite abrir caminhos para a produção de novos livros didáticos que assegurem a melhoria e a qualidade do ensino de português para estrangeiros

Abstract: This work focuses on the process of teaching-learning Portuguese as a foreign language in the Brazilian context. Working as a teacher in the area has shown us the lack of specialized professionals in the process, and also the lack of information related to the teaching materials available. The textbooks usually have their methodological aspects reviewed and evaluated, and little or nothing is said about their discourse aspects. In order to focus on these aspects we analyse 4 textbooks widely used in courses of Portuguese as a foreign language: Fala Brasil (Coudry & Fontão, 1989), Avenida Brasil (Lima et al., 1991), Aprendendo Português do Brasil (Laroca et al., 1993) and Bem-Vindo: a língua portuguesa no mundo da comunicação (Ponce et al., 1999). Using the Discourse Analysis theoretical scope, the aim of this work is to focus on the effects of meaning produced among speakers (Orlandi, 1999) regarding to Brazil and all those who are part of its history, in order to verify how the Brazilian history is shown in these books. In order to reach this objective, it is investigated what is said about different people who are responsible for constituting this country and it is also checked the way they are presented and the meanings produced about them. In order to achieve our goal, we consider the relationship between the imaginary formation (Pêcheux, 1975) of the students and the discourses on the textbooks, going beyond an analysis of the approach and focusing on the (pre) concepts and images built (or not) on that relationship. Based on the analyses, it can be observed that the speeches that define the Indians and the Afro-descendents, for example, are able to exclude them and, at the same time, establish some meanings that form a social imaginary that lasts for a long time. The relevance of this research comes from the need to seize these materials in their complexity and provide some information to enable better performance of the professionals involved in the process. The knowledge of what already exists in terms of published material allows the reorganization of new textbooks to ensure the improvement and the quality of teaching Portuguese for foreigners
Subject: Discurso
Língua portuguesa - Compêndios para estrangeiros
Livros didaticos - Brazil
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Furlan_CassiaCristina_M.pdf8.72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.