Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269716
Type: TESE
Title: Processos de construção da identidade profissional de professores em formação continuada
Title Alternative: Process of construction of the teacherr's professional identity in continuing education
Author: De Grande, Paula Baracat, 1985-
Advisor: Kleiman, Angela, 1945-
Kleiman, Angela Del Carmen Bustos Romero de, 1945-
Abstract: Resumo: Este trabalho investiga a construção de identidades profissionais de professores em uma experiência de formação continuada. A pesquisa, de caráter qualitativointerpretativista, enfoca dados gerados em um curso de formação continuada inserido no programa Teia do Saber, oferecido pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo em parceria com o Instituto de Estudos da Linguagem - Unicamp, entre junho e novembro de 2006. A pesquisa parte da perspectiva sócio-cultural dos Estudos de Letramento (STREET, 1984; KLEIMAN, 1995, 2001) e da concepção dialógica e social de linguagem do Círculo de Bakhtin (BAKHTIN, 1988, 2003; BAKHTIN/VOLOCHINOV, 1995). Considerando as identidades como construídas e reconstruídas nas práticas discursivas e, portanto, múltiplas (HALL, 1998), a pesquisa assume que o processo de formação profissional é identitário e busca entender como vão se construindo as identificações de professores com práticas, conceitos, teorias na relação e no embate entre os co-enunciadores. Pelas discussões e análise apresentadas, percebemos quais vozes se fazem relevantes nesse processo. Conhecê-las é importante para repensarmos a atuação de formadores de professores e refletirmos sobre os discursos que circulam sobre os professores e as políticas públicas de formação docente. A análise mostra que os professores trazem para a interação vozes que circulam na esfera de formação e prática docente para se fortalecerem enquanto grupo profissional frente ao formador, à academia e à opinião pública. A análise das estruturas de participação (CAZDEN, 1988; SCHULTZ; FLORIO; ERICKSON, 1982; GARCEZ; RIBEIRO, 2002; GARCEZ, 2002) nas interações do curso observado, caracterizadas como institucionais, mostra como professores alfabetizadores são posicionados e se posicionam discursivamente como alunos e como essa situação institucional e assimétrica tem implicações na construção de identidades no curso. A partir de condicionantes da situação de interação de sala de aula, o trabalho mostra momentos em que as professoras constroem uma orientação argumentativa contrária a do formador e, como efeito, formam um coletivo entre os professores. É possível notar que, para se construírem identitariamente, professores ora dialogam com vozes de outros cursos de formação, que funcionam como argumentos de força maior na argumentação, ora retomam o formador e se alinham à perspectiva do curso observado

Abstract: This work investigates the construction of teachers' professional identities in a teachers' continuing education course. The course, offered the Institute of Studies of the Language, State University of Campinas (UNICAMP, Brazil) was part of a Program called "Teia do Saber", offered by the Secretary of Education in the state of São Paulo to primary and secondary school teachers. The research adopts the sociocultural approach of New Literacy Studies (STREET, 1984; KLEIMAN, 1995, 2001) and the dialogical and social Bakhtin Circle's conception of language (BAKHTIN, 1988, 2003; BAKHTIN/VOLOCHINOV, 1995). The study considers that identities are multiple (HALL, 1998) and are constructed and reconstructed in discursive practices, and assumes that the process of professional formation is identitary. The aim of the research is to understand how the teachers' identification with practices, concepts, theories is constructed, during interaction. The findings reveal that the teachers bring to the interaction voices that circulate in academic and journalistic spheres in order to strengthen as a professional group in their interactions with their instructors and with each other. We show, through the analysis of the course interaction structures of participation (CAZDEN, 1988; SCHULTZ; FLORIO; ERICKSON, 1982; GARCEZ; RIBEIRO, 2002; GARCEZ, 2002) the ways in which teachers are positioned and position themselves discursively and the how the institutional and asymmetric situation is implicated in the construction of identities in the course, showing how a collective body is argumentatively formed In the identification process that is under way, teachers also dialogue with voices from other continuing education courses
Subject: Identidade
Professores - Educação (Educação permanente)
Vozes sociais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
DeGrande_PaulaBaracat_M.pdf958.74 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.