Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269693
Type: TESE
Title: Nos não conseguimos enxergar dessa maneira ... = representações e formação de educadores
Title Alternative: We can only see things this way ... : representations and teachers education
Author: Santos, Marcia Andrea dos
Advisor: Maher, Terezinha Machado, 1950-
Abstract: Resumo: Este estudo tem por finalidade descrever e discutir as representações de educadores da rede pública de um município do sudoeste do Paraná acerca dos conceitos de língua, cultura e identidade, com vistas a compreender os sentidos que atribuem à diversidade linguística e sociocultural presente no contexto em que atuam. Embora tal contexto inclua uma variedade étnica considerável, optou-se por aqui focalizar as representações construídas acerca da negritude e da indianidade dada à relevância desses grupos étnicos localmente. O corpus de análise desta tese reúne dados gerados durante atividades escritas e interações em sala de aula ocorridas ao longo de oito encontros com professores e gestores municipais realizados em um curso de formação docente promovido pelo CEFIEL - Centro de Formação Continuada do Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP. A pesquisa em questão é de cunho qualitativo/interpretativista e segue os preceitos epistemológicos advogados por Moita Lopes (2006) para estudos conduzidos no campo aplicado. O aparato teórico que deu sustentação ao trabalho orientou-se por contribuições advindas da Linguística Aplicada (COX e ASSIS-PETERSON, 2007; CESAR e CAVALCANTI, 2007; FABRÍCIO, 2006; MAHER, 2007), dos Estudos Culturais (HALL, 1997; WOODWARD, 2002), da Educação (SKLIAR, 2003; SILVA, 2005), da Antropologia (THOMAZ, 1995) e da Sociologia (ELIAS, 1994; BOURDIEU, 1998; FOUCAULT, 2002). Os resultados obtidos na análise dos dados sugerem que a) as concepções relativas aos três conceitos focalizados com as quais a maior parte dos sujeitos pesquisados opera contribuem para que atitudes etnocêntricas e pouco tolerantes para com o diferente sejam mantidas e/ou b) que eles desconhecem, ou preferem não reconhecer, a pluralidade linguística e sociocultural considerável do ambiente em que atuam profissionalmente. A expectativa é que este trabalho possa subsidiar a construção de currículos interculturais de formação de educadores que os torne capazes de trabalhar com a diferença de modo produtivo e respeitoso

Abstract: This study aims at describing and discussing the representations educators who work in public schools in a district of southeast Paraná have of concepts such as language, culture and identity in order to understand the meanings they attribute to local linguistic and socio-cultural diversity. Although the context these educators work in includes considerable ethnic variety, only representations of indigenous and afro-descendent people were examined considering the relevance of such ethnic groups in the area. The analyzed corpus include data collected during written activities and classroom interactions that occurred along eight encounters with teachers and school principals and assistants in a course sponsored by CEFIEL - Center for Continuing Education of the Institute of Language Studies of the State University of Campinas (UNICAMP). This study is qualitative and interpretative in nature and follows the epistemological principals suggested by Moita Lopes (2006) for applied research. The theoretical bases adopted was oriented by contributions from the fields of Applied Linguistics (COX e ASSIS-PETERSON, 2007; CESAR e CAVALCANTI, 2007; FABRÍCIO, 2006; MAHER, 2007), Cultural Studies (HALL, 1997; WOODWARD, 2002), Education (SKLIAR, 2003; SILVA, 2005), Anthropology (THOMAZ, 1995) and Sociology (ELIAS, 1994; BOURDIEU, 1998; FOUCAULT, 2002). Data analyses results suggest that most research subjects a) operate with theoretical conceptions in regard to the three focused concepts which contribute for the maintenance of ethnocentric beliefs and attitudes of disrespect for differences and /or b) do not know, or prefer not to acknowledge the considerable linguistic and socio-cultural plurality of the context in which the act professionally. The expectation is that the research here described can contribute to the elaboration of intercultural curricula for the education of school professionals thus enabling them to work with differences in school environments in more productive and respectful ways
Subject: Diversidade linguistica
Diversidade sociocultural
Representações
Educadores - Formação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_MarciaAndreados_D.pdf1.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.