Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269653
Type: TESE
Title: Autoria no livro didático de língua portuguesa = o papel do editor = The authorship in portuguese language textbook: the role of editor
Title Alternative: The authorship in portuguese language textbook : the role of editor
Author: Teixeira, Adriana Luzia Sousa, 1980-
Advisor: Rojo, Roxane Helena Rodrigues, 1952-
Abstract: Resumo: Esta dissertação tem por objetivo principal analisar o papel do editor na autoria do Livro Didático de Língua Portuguesa (LDP). Tal objetivo se desdobra nos questionamentos sobre como a indústria editorial de livros didáticos tem funcionado na atualidade, qual é o papel do editor, quais são as práticas de produção envolvidas e de que maneira essas práticas influenciam na escolha dos objetos de ensino a serem transpostos no LDP. Para isso, lançando-se mão do estudo de caso como ferramenta metodológica, enfocam-se 2 (duas) editoras de livros didáticos de expressão nacional, cujos editores responsáveis pela área de Língua Portuguesa são entrevistados. Dessa forma, esta pesquisa se caracteriza como qualitativa, com abordagem metodológica - estudo de caso único incorporado, uma vez que aborda um contexto específico (a produção do LDP) a partir de análise de mais de uma unidade (duas editoras de livros didáticos). Como pano de fundo que sustenta as questões principais, há o contexto histórico do ofício de editor e as influências que o mercado editorial recebeu de programas do Governo para avaliação de livros didáticos - principalmente o PNLD. O referencial teórico apoia-se em discussões sobre a transposição didática (CHEVALLARD, 1991 [1985]), práticas sociais de referência (MARTINAND, 1984), ressignificação, gêneros, esferas e vozes (BAKHTIN, 1997; 1998; 2006) e questões sobre autoria individual e autoria institucionalizada (ALVES FILHO, 2005). Tal percurso se estabeleceu tendo em vista o tipo de autoria que o LDP congrega, posto que, por se tratar de um instrumento pedagógico, os agentes responsáveis por tal produção devem estar conectados a um universo de referência ao qual se aderem, a partir de uma ideologia. Dentre os agentes da produção, destaca-se o editor, que, mediante os dados das entrevistas, mostrou exercer importante influência na constituição do gênero LDP. Ele trabalha na situação de produção de tal gênero no sentido de atender a diferentes demandas do mercado escolar, seja o público, seja o privado. Além disso, pelo fato de instituir parâmetros pedagógicos e editoriais, ter uma atitude relacional com várias instâncias de produção e ainda trabalhar no ajuste das transposições e didatizações que serão realizadas na produção da obra, o editor passa a ocupar a posição de autor institucional, uma vez que todas as definições para a produção, que envolvem esse agente, são preestabelecidas em uma instituição

Abstract: This dissertation has as the main goal to analyze the role of the editor in the authorship of the Portuguese Language Textbook (PLT). Such goal unfolds throughout the questioning about how the textbooks editorial industry has worked nowadays, what the role of the editor is and what are the practices of production involved in are and how these practices influence the choice of the objects of study to be transposed in the PLT. To do so, availing case studies as a methodological tool, two national well-known textbooks publishers are focused, whose editors in charge of the Portuguese Language department are interviewed. Hence, this research is characterized as qualitative, with a -unique incorporated case study as methodological approach, since it approaches a specific context (the PLT production) starting from the analysis of more than one unity (two textbooks publishers). As a background which sustains the main questions, there is the historical context of the job of the editor and the influences the editorial market has received form Governmental programs for the evaluations of textbooks - mainly the PNLD [National Program of Textbooks]. The theoretical reference is based in debates about the didactic transposition (CHEVALLARD, 1991 [1985]), social practices of reference (MARTINAND, 1984), redefinition, genres, spheres and voices (BAKHTIN, 1997; 1998; 2006) and questions about individual authorship and institutionalized authorship (ALVES FILHO, 2005). Such course was established in view of the type of authorship that the PLT congregates, since it deals about a pedagogical instrument, the responsible agents for such production must be connected to a universe of reference to which they adhere, starting from an ideology. Among the production agents, the editor is highlighted, who, through the interviews data, has shown to exert an important influence in the constitution of the genre PLT. The situation of production of such genre is commanded by him in the sense of attending different demands from the school market, be it public, be it private. Moreover, the fact of establishing pedagogical and editorial guidelines, having a relational attitude with many instances of production and also working on adjusting the transpositions and didatizations which will be performed in the production of the piece, the editor starts to occupy the position of - institutional author, once all the definitions for production, which involves this agent are pre-established in an institution
Subject: Livros didaticos - Língua portuguesa
Editores
Autoria
Transposição didática
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Teixeira_AdrianaLuziaSousa_M.pdf4.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.